Noite radiante no Setembro Amarelo

0

O auditório da Sociedade Médica de Sergipe foi pequeno para o grande número de profissionais de saúde, intelectuais, estudantes que compareceu ao local na noite de quarta-feira,14, para prestigiar a conferência: "O anzol da palavra entre a vida e a morte: interlocuções da psicanalise com a poesia", proferida pelo Prof. Dr. Ricardo Azevedo Barreto, psicanalista, mestre e doutor pelo Instituto de Psicologia da USP e professor da UNIT.

O evento fez parte da programação oficial do Setembro Amarelo, que visa sensibilizar a comunidade para um grande problema de saúde pública – o suicídio – e foi coordenado pela Sociedade Brasileira de Médicos Escritores – Sobrames, que lideramos em Sergipe e que contou ainda com as participações da Academia Sergipana de Medicina e da Academia Sergipana de Letras, cujos presidentes, Paulo Amado Oliveira e José Anderson Nascimento, fizeram-se presentes.

Na sua conferência, Ricardo Barreto mostrou dados assustadores sobre a incidência do suicídio entre os jovens, a segunda maior causa de óbito depois dos acidentes de trânsito. Partindo de conceitos psicanalistas e filosóficos, ele traçou um consistente perfil das causas que levam as pessoas a tirar a própria vida, alertando para os sinais e condutas a serem adotados para a prevenção do mal que assola a humanidade; e encontrou na “palavra” a mais importante ferramenta para combater o suicídio. A conferência foi ricamente ilustrada com declamação de poesias ( Ilmara Souza e Dirce Nascimento) e músicas, interpretadas por Jussara Rocha.

Nacionalmente, o Setembro Amarelo é comandado pela Associação Brasileira de Psiquiatria e pelo Conselho Federal de Medicina e nesta sexta-feira, 16, a partir das 9h30, na Câmara de Vereadores de Aracaju, vai ocorrer uma sessão especial moderada pelo vereador Emerson Costa, com a participação de diversas entidades, onde será tratado o tema do suicídio e as ações para combatê-lo.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários