Nota fiscal avulsa por e-mail 

0

A emissão da Nota Fiscal Avulsa está mais fácil, desde o início desta semana, com a disponibilização do serviço diretamente através do site da Secretaria da Fazenda do Estado, www. sefaz.se.gov.br A solução tecnológica dispensa o deslocamento aos postos fiscais ou Ceacs da Sefaz para impressão do documento e pode ser feita inclusive pelo smartfone. A emissão da Nota Fiscal Avulsa pela internet é resultado do programa de modernização tecnológica implantado pelo Governo do Estado com o objetivo de oferecer serviços de forma mais ágil, simplificada , com menores custos e principalmente mais praticidade para o contribuinte.

Sem grande expediente

Encerrou-se ontem a semana legislativa na Assembleia, dias atípicos até para o Poder Legislativo. É que, durante os últimos quatro dias úteis, não houve grande expediente durante as sessões ordinárias. No pequeno expediente os parlamentares dispõem de apenas 3 minutos para pronunciarem seus discursos, sob o rótulo de tema livre. No Grande expediente, os deputados têm vinte minutos para falarem, desenvolvendo temas de sua preferência, mas com mais vagar sem muita pressa. Podem até conceder apartes aos seus pares, o que não é possível no pequeno expediente. Claro que os deputados preferem discursar no grande expediente, mas muitos procuram o pequeno expediente apenas para comunicações rápidas, nada de tocar em temas nacionais e assuntos internacionais. Esta semana foi atípica, justamente porque, com a falta do grande expediente, alguns parlamentares não compareceram à Casa. Iriam para lá fazer o que, já que só lhe reservavam apenas 3 minutos para seus “speech”. O grande expediente foi utilizado esta semana para as mais variadas palestras, de Secretários de Estado a outros convidados. Até mesmo os jornalistas que cobrem a Assembleia não gostam quando não há espaço para o grande expediente. Um deles nos dizia que sente falta do grande expediente porque os temas em pauta não são debatidos com mais profundidade. ”Fica tudo na superfície. Até para resumí-los é um problema”.

A importância do gás natural

O ex-governador de Sergipe por duas vezes Dr. Albano Franco, em artigo divulgado no último final de semana, conclama os sergipanos a lutarem pela exploração do gás natural, cujas jazidas na bacia Alagoas/Sergipe foram descobertas há pouco tempo atrás. “A hora é essa.. Lutemos pela rápida exploração das nossas reservas de gás natural, e, também, pela extração da carnalita, minério rico em cloreto de potássio!” Compromissado pelo desenvolvimento de Sergipe, o dr. Albano Franco, em seu artigo fala da importância das jazidas de gás recém-descobertas pela Petrobras e como elas podem ser a redenção para o futuro do Estado. O título do artigo do ex-governador, ”A Importância do Gás Natural”, já diz tudo… É um artigo para reflexão das classes produtoras do Estado porque colocado com palavras fáceis, accessíveis a todos…

A Prefeitura e o BNDES

O Prefeito Edvaldo Nogueira recebeu na manhã de quarta-feira em seu gabinete, representantes do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).Com a participação de vários secretários municipais, o Prefeito expôs vários projetos da administração municipal definidos como prioritários dentro do Plano de Obras da Prefeitura, a exemplo de infraestrutura, saneamento e mobilidade urbana e para as quais o banco possui linhas de financiamento. A iniciativa de procurar a Prefeitura foi do próprio banco, o que deixou o prefeito Edvaldo Nogueira bastante satisfeito. Novas reuniões serão marcadas para que as tratativas deste primeiro encontro avancem.

Já somos 210 milhões de habitantes

O IBGE divulgou esta semana estimativas sobre a população brasileira. De acordo com o levantamento até o dia 1º de julho deste ano, o Brasil tem mais e 210 milhões de habitantes. O estudo aponta para uma taxa de crescimento da população de 0,9% ao ano, índice menor do que no intervalo entre os anos de 2017 e 2018. A cidade de São Paulo ainda registra o maior número de habitantes, com 12 250 milhões de pessoas. A segunda cidade com o maior número de habitantes é o Rio de Janeiro, com 6.729 milhões. Em terceiro está Brasília, com 3 milhões de habitantes. O município com menor população é a cidade mineira de Serra da Saudade, com apenas 837 habitantes. Na análise por Estados, São Paulo continua na liderança, com 45,900 milhões de habitantes. Do outro lado da lista está Roraima, que é o menor Estado da Federação, com apenas 605 mil habitantes. O estudo aponta que mais da metade da população, 120 milhões de habitantes, está concentrada em 5,8% dos municípios. 48 localidades que tem mais de 500 mil habitantes são responsáveis por um terço de toda a população.

Comentários