Novos nomes

0

Embora a candidatura de Pedrinho Valadares à Prefeitura de Aracaju, pelo PFL, já esteja praticamente um fato consumado, estão surgindo novos nomes do partido, que podem influenciar na decisão. Tem um grupo forte falando no secretário da Fazenda, Max Andrade, que retorna de férias na Europa nesta próxima sexta-feira. A sua escolha baseia-se no trabalho que realiza junto ao comércio, assim como era o ex-prefeito João Augusto Gama, que saiu deste mesmo setor para a Prefeitura de Aracaju. Max hoje é um nome influente na política sergipana. Paralelamente, também se fala, com menor intensidade, no nome de Gilson Figueiredo, que é o presidente da Câmara de Diretores Lojistas. Mas Gilson garante que sequer foi consultado oficialmente para isso. De qualquer forma, o PFL se movimenta para mostrar que tem nomes, embora Pedrinho Valadares continue trabalhando já com o objetivo de deixar a Secretaria de Turismo para iniciar o seu trabalho de campanha. O próprio governador João Alves Filho dá sinais evidentes de que pretende começar já a fazer política para valer em todo Estado. Enviou, para a Assembléia Legislativa, projeto que cria uma nova Secretaria, dividindo a Casa Civil. Um setor cuidará da administração do Palácio e alguns segmentos. O outro ficará exclusivamente com a parte dos entendimentos políticos. O secretário do Combate à Pobreza, José Alves Neto, pode ser remanejado para uma dessas novas Pastas, criada com a divisão da Casa Civil. Aliás, como fez o Palácio do Planalto. A mudança é uma sinalização de que o governador João Alves Filho (PFL) já arregaçou as mangas para começar a trabalhar a política de forma mais ampla e tentar fazer o maior número de prefeitos. A sua equipe de marketing já está se preparando para iniciar o trabalho e mesmo que surja o nome de Max e Gilson, o de Pedrinho Valadares parece mesmo que vai para a disputa. Segundo o próprio Pedrinho, algumas pesquisas internas, analisadas por técnicos, mostram que ele tende a crescer, principalmente porque apresenta um pequeno índice de rejeição.A deputada Susana Azevedo, que vai disputar a Prefeitura pelo PPS, também está firme no páreo. Tomou café-da-manhã, domingo, com o senador Almeida Lima (PDT), para pedir o apoio do partido à candidatura e ouviu que seu nome é bom para disputar a Prefeitura. Nada de apoio ainda. Mas, dependendo de uma conversa com o governador João Alves Filho, ela poderá ser o nome à sucessão municipal, do partido comandado por Almeida. Ainda há muito a fazer, mas o Governo já começa a mostrar iniciativa para o chute inicial da campanha via prefeituras municipais. Tanto que um homem de marketing já está chegando a Aracaju para acompanhar o processo e fazer um novo trabalho para uma renovação da política eleitoral adotada pelo governador João Alves Filho e conduzir a campanha dentro de um ritmo mais ousado. A mudança na estrutura da Casa Civil do Governo também é uma sinalização de que João Alves Filho pretende dar uma nova dinâmica a esta área. Há muita reclamação de parlamentares e lideranças políticas do interior e, assim como Marcelo Deda, é certo que o governador pretende a reeleição. Sabe que, para isso, tem que promover algumas mudanças no estilo, porque está utilizando uma forma superada. O prefeito Marcelo Deda, por exemplo, já declarou que sabe que enfrentará, em 2006, um homem experiente, profissional na área, que sabe fazer política. Mas o bloco da oposição anima-se com a forma como a assessoria política do Governo está conduzindo um setor que precisa avançar sempre. A disputa de 2004 é um esboço do que ocorrerá em 2006 e a queda de braço está começando agora, porque tanto Deda quanto João precisam da força do interior. É bom lembrar que a renovação e o combate à mesmice será o mote da oposição. Evidentemente que João Alves Filho tem que estudar uma forma para que isso não tome corpo e ocupe espaço junto ao eleitorado. HABEAS O advogado de Antônio Francisco, José Cláudio, está esperando a publicação, pelo Supremo, do habeas corpus anterior, para entrar com um outro. É que o hábeas corpus anterior pedia a suspensão do mandado de prisão. Hoje, com Antônio Francisco preso, o pedido é para relaxamento da prisão. DOENTE O advogado José Cláudio esteve com o seu cliente, Antônio Francisco, segunda-feira à tarde, para adotar as primeiras providências em relação aos novos procedimentos. Segundo José Cláudio, o ex-deputado está doente, tomando remédios, mas aparentemente passa a impressão que está bem. BEIJINHOS A impressão de doença não existe, apesar da barba longa e do novo aspecto por ele apresentado, inclusive um ligeiro emagrecimento. Antônio Francisco, inclusive, não se opôs a fotografar e, diante das câmeras, mandou beijinhos para as pessoas que queriam vê-lo. COMUM Na Penitenciária de São Cristóvão, o novo hóspede, Antônio Francisco, está em uma cela comum, sem qualquer recomendação médica. O secretário da Justiça, Manuel Cacho, disse que Antônio Francisco foi recebido em bom estado de saúde e tem tratamento igual aos demais detentos. NOMES Até o momento a Secretaria de Segurança não divulgou e nem prendeu as pessoas que hospedaram Antônio Francisco em suas fazendas. Um dos delegados, que participou da operação de prisão de Antônio Francisco, revelou que todos se preocuparam em prende-lo, mas não procuraram saber do proprietário. FORTALECE Essa teoria de que não precisou saber o nome do hospedeiro, fortalece a tese de que a prisão de Antônio Francisco foi fruto de um entendimento. Esconder foragido é crime O objetivo era afasta-lo de onde ele se encontrava em Sergipe, para não incriminar quem o hospedava no Estado. Daí a transferência para uma chácara próxima a Maceió. SUSANA A pré-candidata à Prefeitura de Aracaju, Susana Azevedo (PPS), disse que tomou café da manhã com Almeida Lima, domingo, para pedir o apoio do PDT à candidatura. Segundo Susana, o senador Almeida Lima considerou que seu nome vai bem e revelou que antes tentou falar com para convida-la a ser vice em uma chapa sua. VIAGEM O governador João Alves Filho viajou ontem a Brasília sem revelar agenda para evitar boicotes. À noite viajou a São Paulo. Hoje pela manhã João terá encontro com empresários sobre o Parqtec e à tarde com Viviane Sena, do Instituto Airton Sena. Vai propor parceria para as Centrais de Excelência. RIACHUELO Antônio Carlos Franco Sobrinho (PMDB) é pré-candidato à Prefeitura de Riachuelo, com o apoio do atual prefeito e de 8 dos 9 vereadores. Ontem ele explicou que na festa realizada domingo, em Riachuelo, o nome mais citado foi o dele. Antônio Carlos deve fazer composição com o PFL. FITA Na reunião da Comissão de Ética, realizada ontem, o relator Venâncio Fonseca (PP) solicitou a gravação da fita e perícia para comprovar que a voz é de Gilmar Carvalho (PV). Na opinião de um membro da Comissão, deve-se usar todo o período de apuração (60 dias) para manter Gilmar Carvalho bem comportado. CANDIDATURA O deputado Gilmar Carvalho disse ontem que ainda vai conversar com o governador João Alves Filho sobre a Comissão de Ética. Só depois disso é que o parlamentar pretende ver como ficará sua candidatura à Prefeitura de Aracaju. PROCESSO O PFL em Sergipe entrou com processo no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) reclamando da presença do prefeito Marcelo Deda (PT) nos programas de TV dos partidos aliados. Na petição inicial, o PFL denuncia que os partidos que formam o bloco de apoio a Deda estão lhe cedendo espaços no programa e requer a suspensão dessas aparições. HELENO O deputado federal Heleno Silva (PL) que preside o partido em Sergipe vai dizer no STE que Marcelo Deda teve espaço porque o prefeito integra o mesmo bloco dos liberais. Heleno diz que os demais partidos vão bater nesse mesmo raciocínio e lembrar que o governador João Alves Filho teve espaço no programa do Partido Progressista (PP). Notas REFORMA O Governo enviou projeto-de-lei à Assembléia Legislativa em que extingue a Secretaria de Assuntos de Governo, que foi ocupada por Gilmar Mendes sem êxito, e cria a Secretaria de Estado da Coordenação Política e Assuntos Institucionais, desvinculando a área política da Casa Civil, que passa a administra o Palácio. O projeto de reforma chega às mãos dos deputados hoje e deve ser votado no decorrer da semana. Uma das Secretarias será ocupada por José Alves Neto e a outra por Flávio Conceição. Falta decidir as nomeações. ESTRANHO A sociedade continua achando estranha que a operação para prender o ex-deputado Antônio Francisco fora executada sem o conhecimento do secretário da Segurança, Luiz Mendonça. Seria receio de quê? Outra coisa é a gratificação de R$ 100 mil a um grupo de servidores do Estado que cumpriu o seu dever. A lei não permite. Mais do que estranho, entretanto, é que a operação tenha envolvido apenas cinco pessoas, das quais, apenas um agente de polícia. Os demais eram delegados. Significa que a grana pesada beneficiou a cúpula. RECONHECE O juiz de Japaratuba, Paulo Marcelo, deu parecer final reconhecendo que o prefeito de Pirambu, André Moura, tem domicílio eleitoral naquela cidade, não havendo problemas para sua candidatura à Prefeitura Municipal. Sua mulher, Lara Moura, também pode disputar qualquer mandato. André Moura ainda é pré-candidato à Prefeitura de Japaratuba e estava esperando apenas a decisão do TER para analisar se consolida ou não a candidatura. Até o dia 2 de abril ele terá tempo para essa decisão. E fogo A CPI da Pistolagem está com suas atividades suspensas, mas o relator, Luiz Couto, vai tentar aprovar requerimento pedindo prorrogação de prazo. O deputado Cleonâncio Fonseca (PP) disse que sua tia Bébe, mãe de João Fontes, falou com suas irmãs para que deixasse o processo de lado. A prisão do ex-deputado Antônio Francisco foi notícia nacional, com a divulgação no noticiário Hoje, da TV-Globo. O delegado João Eloy Menezes poderá trocar o Cope pela Superintendência da Polícia Civil. Substituirá a Georlize Teles que será candidata a vereadora. O vice-prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) teve uma participação efetiva na realização das festas em comemoração ao aniversário da cidade. O deputado Venâncio Fonseca foi solidário com todos os membros do Tribunal de Justiça, por causa das denuncias de fraude no concurso público. A deputada Maria Mendonça (PSDB) denuncia que o açude que já serviu para o abastecimento de água de Itabaiana, hoje é uma lagoa que recebe os esgotos da cidade. O vereador Marcélio Bomfim lembrou que a transposição do rio São Francisco voltou à mídia, com o Governo Federal afirmando que vai realiza-la. O deputado estadual Augusto Bezerra (PMDB) diz que vai chamar o ministro da Integração Nacional, Ciro Gomes, de irresponsável, por defender o projeto de transposição do rio São Francisco. Augusto Bezerra diz que a o projeto de transposição das águas do São Francisco servirá para pagar as empreiteiras que bancaram a campanha do presidente Lula. O Banco Central informou que não recolheu, até sexta-feira passada, 80 milhões dos 210 milhões de moedas prateadas de R$ 1,00 em circulação no país. O vereador Antônio Samarone elogiou a igreja católica pelo tema da Campanha da Fraternidade e lembro que o Governo Federal hoje é do PT. Por Diógenes Brayner brayner@infonet.com.br

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais