Oi nóis aqui travez…

0

Depois de dez dias, sem publicarmos nada neste blog, cá estamos nós novamente e pretendendo atualizarmos esta página pelo menos três vezes por semana, como fazíamos sempre desde que aqui aportamos. Mas, o que é que houve, certamente perguntará o internauta que nos acompanha por aqui. Simplesmente, o computador no qual rabiscamos notas e comentários deve ter cansado e ele próprio preferiu dar um tempo. Desligamos numa segunda-feira à noite, mas na terça pela manhã o computador simplesmente não quis voltar a ligar para o trabalho diário. Aquele botão preto à frente da caixa onde está o equipamento de computação. Conduzido a um mecânico, ele levou de dois a três dias para oferecer um diagnóstico: era a placa-mãe que simplesmente estava cansando e se recolhendo. Sambei, portanto, numa placa-mãe nova. Os descendentes dela ficaram calmozinhos à espera do conserto. Passado o feriado do dia do trabalhador, 1º de maio, recebo o computador de volta. Livre de indesejáveis vírus que pareciam comer a paciência de quem usava a máquina. Bom, agora está tudo perfeito. É esperar que não dê outra pane senão num futuro bem lá prá frente… quanto mais lá prá frente melhor… Os leitores deste blog saberão portanto perdoar o escriba.

Novo número da Cumbuca

*** A mais nova edição da revista “Cumbuca”, será lançada no dia 7 próximo, a partir das 11 horas da manhã, na sede do Diário Oficial do Estado. O mundo intelectual aracajuano não deve perder este lançamento. A Cumbuca é das melhores revistas literárias da cidade e do Estado. Leva a marca registrada de dois nomes quase gênios: Amaral Cavalcanti, editor cultural, e Milton Alves, diretor industrial do Diário Oficial.

Fies lança boletim de emprego 

A Federação das Indústrias do Estado de Sergipe, através do Núcleo de Informações Econômicas lançou o “Boletim do Emprego”, uma análise geral do cenário do emprego formal em Sergipe, com a finalidade de subsidiar o debate sobre o mercado de trabalho no Estado. Na primeira edição, referente ao mês de março do ano corrente, verificou-se que o total de admitidos foi de 6.017 e de desligados 7.167 gerando saldo negativo de 1.1150 postos de trabalho. A análise também informa sobre o comportamento do salário médio no Estado. Para o mês em análise, observou-se que nas admissões o valor médio foi de R$ 1.216,60 e nos desligados foi de R$ 1.374, gerando saldo negativo de – 1.150 postos de trabalho. A analise também informa sobre o comportamento do salário médio no Estado. Para o mês e análise, observou-se que nas admissões o valor médio foi de R$ 1.126,00 e nos desligamentos foi de R$ 1.374,50. No recorte geográfico são apresentados os seguintes resultados: Grande Aracaju teve – 1;112 postos de trabalho e o interior apresentou – 37 vagas de emprego. Entre os municípios sergipanos que registrara saldo positivo na geração de empregos, merece destaque Nossa Sra. das Dores (+ 1103 postos de trabalho). Já a capital sergipana ficou em evidência pela redução de 645 vagas de emprego no terceiro mês de 2019.

Manifestações contra Damares

O deputado Luciano Bispo, presidente da Assembleia Legislativa, provou ter uma paciência de Jó, ao enfrentar as manifestações que “esperaram” pacientemente na manhã de 5ª feira, para a entrega do titulo de Cidadania Sergipana a Damares Regina Alves, a Ministra dos Direitos Humanos de Bolsonaro. O deputado Bispo refugou todas as sugestões de usar a força para retirar os manifestantes do plenário, o que poderia gerar um conflito de graves consequências. Apoio de um lado e aplausos do outro, Luciano Bispo conseguiu levar até o final a sessão especial, que contou inclusive com a presença de vereadores que, acompanhados do Presidente Josenito Vitale, foi entregar à Ministra o titulo de Cidadã Aracajuana. O interessante é que, pelo lado do governo não apareceu senão um ou dois Secretários de Estados que ficaram “escondidos” e refugiados no meio do plenário. Luciano Bispo é que teve de enfrentar as manifestações a favor e contra a Ministra Damares, que por seu turno não parecia muito importunada pela gritaria. Ela apenas ria, dava adeusinhos para a plateia mas levou os dois títulos para casa. A esquerda não perdoou nem o fato de ela ser uma aracajuana de costas largas, incluindo uma larga temporada de mais de dez anos que morou na cidade. Outro que tomou uma senhora vaia foi o deputado Rodrigo Valadares que quis justificar: esse lado é o de verdadeiros aracajuanos, aquele outro lado, é o de sergipanos que só pensam em gritar e criticar os homenageados. ..

O programa excepcional de parcelamento de dívidas do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) , colocado à disposição pelo Governo de Sergipe com o intuito de proporcionar condições para o desenvolvimento da economia estadual. Conforme decreto estadual de 12 de fevereiro deste ano, o dia 31 de maio de 2019 é a data final para que empresas com pendências tributárias possam regularizar a situação junto a Secretaria de Estado de Fazenda a partir de condições de pagamento diferenciadas em relação ao número de parcelas.

Comentários