Os rejeitados

0

Os aracajuanos estão por aqui com os prefeituráveis Almeida Lima (PPS), Valadares Filho (PSB), Reynaldo Nunes (PV) e Vera Lúcia (PSTU). Pelo menos foi o que apurou a pesquisa do Ibope, registrada no TRE com o número 00018/2012 e divulgada ontem pela TV Sergipe. A consulta mostra os quatro com elevados índices de rejeição, acima, inclusive, dos índices de nulos e brancos. O queridinho da população é João Alves Filho (DEM), que aparece com 54% das intenções de votos, bem acima de Valadares Filho (12%), Vera Lúcia (6%), Almeida Lima (4%) e Reinaldo Nunes, que nem pontuou neste quesito. Diante dos números, só resta indagar: o que teriam feito estes quatro últimos candidatos para serem tão rejeitados pelos eleitores?

Acha que vira

Pelo menos publicamente, o candidato Valadares Filho demonstra disposição para reverter o quadro adverso exposto pelas pesquisas de opinião pública. Ontem, após a divulgação dos índices do Ibope, o neosocialista disse que a consulta foi feita entre os dias 14 e 16 passados. Portanto, antes do horário eleitoral gratuito. “Hoje a situação já é bem diferente”, afirma o prefeiturável.

Viradinha

E quem apareceu ontem no horário eleitoral gratuito foi Paulinho da União Tur. Como na campanha para o Senado, em 2010, ele não fala patavina, apenas gira o rosto da direita para a esquerda. Candidato a vereador pelo (PRTB), Paulinho é evangélico da Igreja Assembleia de Deus e conta com o apoio dos “irmãos em Cristo”. Acha que a viradinha vai colocá-lo na Câmara de Aracaju.

Sonha alto

Engana-se quem pensa que, se eleito, João Alves Filho largará a Prefeitura da capital para disputar o governo do estado em 2014. Entrevistado ontem pelo radialista George Magalhães, o demista disse que pretende fazer uma administração modelo. “Se conseguir, posso ser candidato a presidente da República. Alagoas não teve presidente, por que Sergipe também não pode ter?”, questiona. É, se agourar pro bem!

Atropelado

O candidato a vereador Antônio Leite (PV) se encontra no departamento médico. Ele foi atropelado ontem por uma motoca quando distribuía “santinhos” no bairro Santos Dumont. Socorrido por populares e levado para o Hospital primavera, Tonho Leite foi medicado e passa bem, mas vai permanecer no estaleiro por alguns dias. “Apesar da larga experiência em fazer corpo a corpo, fui vitima deste transito caótico”, reclama o candidato verde.

Vapt vupt

Tem alguma coisa para resolver hoje no Ministério Público Estadual? Pois se apresse. É que, por conta da inauguração da nova sede, marcada para as 16h, o MP só funcionará até as 10h. A decisão foi anunciada ontem pelo procurador-geral de Justiça, Orlando Roachadel Moreira. As novas e modernas instalações do Ministério Público estão localizadas no Centro Administrativo de Aracaju.

Britto na OAB

E quem fará palestra hoje à noite na seccional sergipana da OAB é o presidente do Supremo Tribunal Federal, Carlos Ayres Britto. O evento, que também será prestigiado pelo presidente nacional da Ordem, Ophir Cavalcante Júnior, encerra as comemorações pela passagem do dia do advogado. Ayres de Britto vai falar sobre “a democracia como expressão normativa da unidade de material da Constituição”.

Tá invocado

Não chamem para o mesmo debate o radialista Gilmar Carvalho e o vice-governador Jackson Barreto (PMDB). O peemedebista está invocado com o comunicador, que usou grande parte do programa que apresenta na rádio Ilha/FM para esculhambá-lo. Jackson promete solicitar a gravação do programa para acionar Gilmar judicialmente. Misericórdia!

Petróleo

A Petrobras concluiu a perfuração do primeiro poço de extensão na área do plano de avaliação (PAD) da descoberta de Barra, em águas profundas da Bacia de Sergipe-Alagoas. Localizado na costa de Sergipe, a cerca de 100 km de Aracaju, o novo poço está em uma profundidade d'água de 2.433 metros. Segundo a Petrobras, a perfuração foi um sucesso, pois atendeu todas as expectativas. Legal!

No dedo

Todos os municípios sergipanos vão usar urnas biométricas nas eleições deste ano. Além de Sergipe, só Alagoas terá todo o território coberto pela tecnologia que permite ao eleitor votar com apenas um toque do dedo na urna. A previsão da Justiça Eleitoral é que em 2018 todo o eleitorado brasileiro usará o sistema de biometria.

Resumo dos jornais

Alguém aí sabe por que o líder político de Lagarto, José Raimundo Ribeiro, é chamado de “Cabo Zé”? Quando elegeu-se deputado estadual em 1961, ele ganhou projeção estadual particularmente pelo fato de ter, na condição de 1º secretário da Assembléia, contratado as rádios Liberdade, Jornal e Cultura para transmitirem as sessões plenárias. A partir de então, passou a ser conhecido em Sergipe por José Ribeiro do Lagarto. Após o golpe militar de 1964, o deputado lagartense foi “convidado” ao quartel do 28º Batalhão de Caçadores para prestar alguns esclarecimentos. Lá chegando, tomou um chá de cadeira de quase duas horas. Conta que estava com muita sede, mas ninguém aparecia. Quando, finalmente, entra na sala um militar e começa a interrogá-lo, José Raimundo Ribeiro, completo ignorante em patentes, pede licença e dispara: “Cabo, o senhor poderia me conseguir um copo d’água?”. O ‘milico’ subiu nas tamancas: “Você me respeite que não sou cabo. Sou tenente do exército brasileiro com muito orgulho. Já vi que vocês políticos são todos iguais”, reagiu o militar. Ao deixar o quartel, o deputado contou a ‘saia justa’ aos amigos e, a partir de então, passou a ser chamado de “Cabo Zé”.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais