Políticos na muda

0

Os políticos que pretendem disputar as eleições de 2012 e não estão satisfeitos com seus partidos só têm até depois de amanhã para mudar o endereço partidário. Por conta disso, tem havido uma grande correria, mas ninguém abre o bico sobre suas pretensões para evitar contratempos de última hora. Portanto, só depois do prazo final de filiações é que será possível fazer um balanço sobre os partidos que conquistaram os melhores quadros e quais os que perderam mais filiados para os adversários. Sabe-se, contudo, que o recém criado PSD tem conseguido um bom número de adesões, fato que também ocorre com o PSC e os demais partidos comandados pelo dublê de empresário e político Edvan Amorim. Por outro lado, especula-se que o DEM e PSDB são os que mais estão perdendo filiados. O resultado exato das filiações partidárias, contudo, só será conhecido a partir do próximo sábado. Aguardemos, portanto!

No governo

Foi bastante concorrida a solenidade de transmissão de cargo do governador Marcelo Déda (PT) para o vice Jasckson Barreto. Até o ex-tucano Albano Franco apareceu no Palácio de Despachos para prestigiar o evento. Aproveitou para conversar com o petista sobre sua possível ida para o PSD, porém garantiu que não tem pressa para se filiar a um novo partido, pois só vai disputar cargo eletivo em 2014. Jackson será governador interino pelos próximos 14 dias, tempo em que Déda estará na Itália.

Mais um

Nenhum dos 28 partidos políticos existentes lhe agradam? Pois agora você tem mais uma opção para se filiar: o Tribunal Superior Eleitoral aceitou ontem o pedido de criação do PPL (Partido Pátria Livre).  A nova legenda utilizará o número 54 e é formado pelo MR8 (Movimento Revolucionário 8 de Outubro), grupo que participou do seqüestro do embaixador norte-americano Charles Burke Elbrick durante a ditadura militar. Tá nessa?

PC do B forte

E o PC do B, que outrora cabia inteiro numa kombi, tem aumentando o número de filiados, a ponto de o prefeito Edvaldo Nogueira garantir que em 2012 o partido não fará coligação proporcional. Segundo ele, o PC do B cresceu tanto que deve lançar uma chapa com 36 candidatos a vereador nas eleições de 2012. O que teria feito aumentar tanto assim o interesse da classe política aracajuana pelo “pecebinho”?

Piada sem graça

O deputado federal Mendonça Prado (DEM) garante que seu partido não foi responsável pelo veto ao nome do empresário Adierson Monteiro para presidir o PSDB em Sergipe e que não teve nada a ver com a saída de Albano Franco do ninho tucano. Ô, Mendonça, conte outra, rapaz!

Fica no PT

Depois de reclamar falta de prestígio e ameaçar trocar de partido, o vereador aracajuano Robson Viana resolveu permanecer no PT. A decisão foi tomada após reunião com o governador Marcelo Déda, que o teria aconselhado a permanecer onde está e prometeu prestigiá-lo a partir de agora.

De olho na PMA

E quem pensa em disputar a Prefeitura de Aracaju é o deputado estadual Adelson Barreto (PSB). Para sedimentar o projeto, ele transferiu seu domicílio eleitoral de Socorro para a capital sergipana. Em 2009, Adelson disputou a Prefeitura socorrense e foi fragorosamente derrotado pelo pedetista Fábio Henrique. O principal obstáculo do deputado para consolidar sua candidatura é o deputado federal Valadares Filho (PSB), que também sonha com a cadeira do prefeito Edvaldo Nogueira.

Jantar adiado

Ficou para o próximo dia 21 o jantar de adesão organizado pela Executiva estadual do PT. Marcado inicialmente para a última sexta-feira, o rega-bofe não aconteceu por falta de “quórum” já que pouca gente topou pagar R$ 100 para se banquetear. A grana arrecada vai ajudar o partido a pagar a sede própria, localizada na avenida Gonçalo Prado, próximo ao Sindicato dos Bancários. Tem petista pedindo ao partido para baixar o valor do ‘ticket refeição’.

Rango garantido

Quem estará em Aracaju amanhã é o vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB). Vem participar como palestrante da Conferência Estadual da OAB/SE. Aproveita para prestigiar Jackson Barreto, que responde interinamente pelo Governo de Sergipe. Após a palestra, Temer almoçará com o aliado político no Palácio de Veraneio. À noite, o vice-presidente janta com o ex-deputado federal Albano Franco (sem partido). Só falta alguém convidar o homem para o chá das cinco!

Sem valor

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou ontem que toda e qualquer lei sancionada este ano que alterar o processo eleitoral não valerá para as eleições de 2012. O chamado princípio da anterioridade eleitoral entra em vigor depois de amanhã. O objetivo, de acordo com o TSE, é evitar mudanças de última hora motivadas por conveniências políticas (casuísmo eleitoral) e preservar a segurança do processo eleitoral.

Do baú político

Os famosos cabarés de Aracaju surgiram por com a derrubada do Morro do Bomfim para a construção da antiga estação rodoviária. Como no local existiam as casas de prostituição, o governador Leandro Maciel (UDN) permitiu que fossem abertas outras no centro da capital, nas imediações dos mercados. Logo surgiram, entre outros, o Xangai, La Bamba, Bossa Dois, Bela Vista e o Mira-Mar, este último tido como o cabaré mais importante da cidade. Tinha as melhores mulheres, realizava grandes shows musicais e era freqüentado por políticos, empresários, fazendeiros e os filhos da burguesia sergipana. “Um prefeito do interior mandava com freqüência seu motorista, com o carro oficial, apanhar uma das minhas meninas e levá-la para a sua fazenda”, conta Tonho do Mira no livro “Oxente! Essa é a nossa gente”, de Osmário Santos. E o que provocou a derrocada dos grandes cabarés aracajuanos? Segundo Tonho, foi o golpe militar de 1964: “Os homens alegaram que aquilo ia de encontro aos bons costumes da população e que os cabarés eram um obstáculo às moças donzelas que precisam se casar. Pressionado, o governo mandou fechar as casas finas e acabou a alegria das noites aracajuanas”, queixou-se Tonho do Mira.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários