Problema ou solução

0

O coronel Maurício Iunes, que toma posse amanhã como o novo comandante da Polícia Militar de Sergipe, é visto pelo governo como a pessoa certa para colocar a corporação em ordem e reduzir os preocupantes índices de violência em Sergipe. Num passado recente, contudo, Iunes era tido por este mesmo governo como um problema, a ponto de tê-lo retirado do Comando de Operações Especiais (COE) e transferindo para o 2º Batalhão, em Propriá. O coronel não gostou da mudança e ameaçou tirar longas férias para não ir ao “desterro” às margens do rio São Francisco. A questão é: estava certo o governo quando “puniu” o militar com sua transferência para o interior, ou acertou agora ao nomeá-lo para comandar a Polícia? Só o tempo dirá.

Picaretas

A ação predatória de empresas que só existem no papel e participam de concorrências com preços aviltantes tem preocupado o Sinduscon/SE. Segundo o presidente do sindicato, Tarcísio Teixeira, ao vencerem as licitações e depois abandonarem as obras, estas empresas causam enormes prejuízos ao poder público, ao cidadão, que fica mais tempo sem o empreendimento, e às pequenas e médias construtoras, vítimas da concorrência desleal. Ele defende a aplicação de medidas legais para impedir que essas empresas “picaretas” continuem participando de licitações. Está certo!

Quem me quer

E quem anda doidinho para fazer uma aliança política com o grupo dos Amorim (PSC) é o deputado federal e prefeiturável Almeida Lima (PPS). Quase todos os dias ele manda recado propondo uma coligação para reforçar sua candidatura a prefeito de Aracaju. Fidalgos, Eduardo e Edvan Amorim fazem de conta que não estão ouvindo o dramático apelo. Aliás, pelas “amizades” que fez ao longo do tempo, Almeidinha deverá continuar pregando no deserto.

Apaga velinhas

A Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (Acese) completa 140 anos no próximo dia 26. Para marcar a data, a entidade realizará na véspera do aniversário o tradicional almoço com negócios, quando será anunciada a programação para festejar os 140 anos. Está prevista a realização de um prêmio de jornalismo, que terá como tema “O papel da Acese no desenvolvimento econômico de Sergipe”. O almoço do dia 25 vai acontecer no Mercure Hotel.

Propostas

As comissões setoriais do PT se reúnem nesta segunda-feira visando discutir as propostas para a  pré-candidatura de Rogério Carvalho a prefeito de Aracaju. Serão apresentadas sugestões para áreas como saúde, educação, economia solidária, mobilidade urbana, cultura e comunicação. O presidente do PT aracajuano, Usiel Rios, garante que as comissões setoriais têm trabalhando firme na elaboração das propostas a serem defendidas pelo prefeiturável.

Novo livro

Será na próxima quinta-feira, o lançamento do livro “Coiote sutil”, com poemas e crônicas inéditas do jornalista Cleomar Brandi, falecido o ano passado. A noite de autógrafos acontecerá na Sociedade Semear e contará com a presença do jornalista baiano Chico Ribeiro Brandi, irmão de Cleomar. Também está programado um recital improvisado. Toda a renda da venda do livro será doada à Associação dos Amigos de Crianças com Autismo em Sergipe. Prestigie!

Eleições

O governador Marcelo Déda (PT) se reúne hoje com dirigentes do PT, PSB e PC do B para discutir as eleições municipais de Aracaju. O petista também ouvirá os prefeituráveis Rogério Carvalho (PT), Valadares Filho (PSB) e Jeferson Passos (PC do B). Durante a reunião, Déda buscará o caminho da candidatura única, pois sabe que se os governistas forem às ruas com mais de um candidato correm o sério risco de serem derrotados.

Menos filhos

Da década de 60 até o início deste século, houve uma mudança significativa no perfil das mães brasileiras. A mulher está deixando a maternidade para mais tarde e optando por ter uma família bem menor do que tiveram suas mães e avós. Dados do Censo 2010 do IBGE mostram que a taxa de fecundidade no Brasil cai a cada ano: na década de 60 era superior a seis filhos por mulher, e em 2010 chegou a 1,9 filho por mulher.

Sufoco azul

E o Dragão comeu o Ceolho do agreste, mas a torcida azulina quase morre do coração. O Confiança passou boa parte do jogo vencendo por 2 a 1, mas vacilou, e o São Domingos virou para 3 a 2 no finalzinho da partida. Já nos acréscimos, o Dragão empatou e o jogo foi decidido nos pênaltis, tendo o clube do bairro Industrial vencido por 3 a 1. Campeão do 2º turno, o Confiança disputa agora com o Itabaiana para saber quem será o campeão sergipano. Haja coração!

Do baú político

Essa foi o memorialista Murilo Mellins quem contou ao jornalista Luiz Eduardo Costa: O interventor Augusto Maynard Gomes deslocou-se de Aracaju, em direção ao local onde hoje existe a ponte de Pedra Branca, sobre o rio Sergipe. A estrada era horrorosa. Cobertos de poeira, chegaram à beira do rio o interventor, seu secretário Nicanor Rineiro Nunes (pai de Zé Peixe e Rita Peixe), e outros que se deslocaram num segundo automóvel, coisa raríssima naquele tempo. Maynard Gomes pensava em construir a ponte no local e quis atravessar o rio para olhar a outra margem, porém o canoeiro que usualmente fazia a travessia não estava com o seu barco. Um dos integrantes da comitiva, que conhecia bem a canoa, avistou-a ancorada na margem oposta e começou a chamá-lo, gritando alto. O barqueiro fazia suas necessidades fisiológicas, protegido pelo mato, e também devia estar embriagado. Ao ouvir os gritos, ver o grupo do outro lado, sem saber de quem se tratava, respondeu: “Me deixem cagar, seus merdas. Vá todo mundo pra puta que pariu”. Um ajudante de ordens, indignado com a afronta, perguntou ao interventor: Excelência, posso prender o canoeiro? Ao que Maynard respondeu: Só se você for até lá nadando.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais