Segredo da “Navalha” é revelado

0

Depois de correr em segredo de Justiça o processo contra os envolvidos (61 pessoas de vários Estados) na Operação Navalha (realizada em 17 de maio de 2007) e denunciados pelo Ministério Público Federal em 12 de maio de 2008, teve o segredo de Justiça aberto há poucos dias. Com isso qualquer cidadão podia acessá-lo através do site da Justiça Federal. (http://www.jfse.jus.br/ Processo: 0002064-32.2011.4.05.8500)

Porém desde ontem, 02, o processo não abre mais. Não se sabe se foi problema no site ou algum dos envolvidos conseguiu retornar o processo ao segredo de Justiça novamente. Mas este blog e  outros jornalistas atentos, conseguiram imprimir a parte principal do processo (envolvendo Sergipe) que contem nove páginas, da Ação Civil Pública por atos de Improbidade Administrativa envolvendo: Zuleido Veras (dono da construtora Guatama); Flávio Conceição; João Alves Filho; João Alves Neto; Gilmar de Melo Mendes; Habitacional Construções S/A e Habitacional Participações Ltda.

Introdução – O processo aberto em 2004 diz respeito as irregularidades nas obras da adutora do rio São Francisco realizada pela construtora Gautama. Das condutas dos requeridos: João Alves Filho – as conversas intercepitada demonstram que o pagamento de propinas pela Construtora Gautama no ano de 2006, teve, entre outros, o objetivo de custear a campanha do requerido para governador do Estado. São várias as conversas entre o então secretário Flávio Conceição, Zuleido Veras, Ricardo Zuleido e Gilmar Mendes gravadas pela PF. O MPF também constatou pelas conversas que o então governador João Alves estava mobilizando para obter empréstimos elevados – cerca de R$ 30 milhões – junto as instituições financeiras para pagar a Gautama e outras empresas, com o fim evidente de fazer caixa de campanha (texto transcrito como no processo).

Da Subsunção das condutas à lei de improbidade – Transcrição do processo: V.5 João Alves Filho – Praticou enriquecimento ilícito, recebendo propinas de Zuleido Veras e da construtora Guatama referentes, ao contrato 110/2001, incidindo no artigo 9º, I, VII, IX e XI c/c o artigo 2º e 3º da Lei de Improbidade, destinadas a custear a campanha à reeleição ao Governo de Sergipe em 2006; Permitiu que seu filho, João Alves Neto, usurpasse função pública e passasse a exercer atos próprios de autoridade, sem sê-lo.

Do pedido do MPF/Valores das penas  – Transcrição do processo: VI.7.5. – Condenem-se João Alves Filho, João Alves Neto, Habitacional Construções S/A e Habitacional Participações Ltda, a pena do artigo 12, I, II e II da Lei de Improbidade especificamente para I) À pera dos valores obtidos ilicitamente R$ 2.309.000,00 (dois milhões, trezentos e nove mil reais), em valores históricos de 2006 a serem corrigidos monetariamente; ao ressarcimento dos danos, solidariamente com os demais réus, no montante de R$ 78.462.195,25 (setenta e oito milhões, quatrocentos e sessenta e dois mil, cento e noventa e cinco reais e vinte e cinco centavos), em valores históricos, a serem corrigidos monetariamente, bem como a pagar multa civil no valor de R$ 156.924.390,50 (cento e cinquenta e seis milhões, novecentos e vinte e quatro mil, trezentos e noventa reais e cinquenta centavos).

Do pedido do MPF/Perda de função pública – Transcrição do processo: VI. 7. 5. – A proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de dez anos; V) A suspensão dos direitos políticos, por dez anos; VI) a perda de função pública atualmente ocupada ou de eventual que lhe seja concedida em decorrência do exercício de função pública. VII), multa civil de 100 vezes a remuneração do cargo de Governador do Estado, a ser cobrada de João Alves Filho.

Este processo há algumas semanas encontra-se na pauta do STJ para votação. Está claro no processo do MPF que se for condenado o ex-governador João Alves perderá a função pública que estiver ocupando atualmente ou de eventual que lhe seja concedida. Ou seja, por isso a insistência em manter José Carlos Machado como candidato a vice-prefeito.

Aneel autoriza operação de usina eólica da Desenvix em SE
Valor Economico: A Desenvix Energias Renováveis divulgou hoje que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou desde setembro a operação comercial da usina eólica Barra dos Coqueiros.Segundo informações da companhia, a usina possui capacidade instalada de 34,5 MW e está localizada no Estado de Sergipe. A Desenvix tem 95% de participação no empreendimento e já investiu R$ 123,4 milhões no projeto.A companhia reafirma ainda que a usina será 80% financiada pelo China Development Bank e que esse montante está próximo de ser liberado. Os equipamentos foram produzidos pela companhia Sinovel, maior fabricante de turbinas da China. Em: www.valor.com.br/empresas/2853490/aneel-autoriza-operacao-de-usina-eolica-da-desenvix-em-se

Centro Histórico fecha no dia da eleição
A Subsecretaria do Patrimônio Histórico e Cultural (SUBPAC) informa que no próximo domingo, 7, o centro histórico da cidade de São Cristóvão estará fechado para visitação pública. A medida é resultado do processo eleitoral que acontece no mesmo dia. Na terça-feira, 9, as Igrejas e Museus votam a funcionar em seu horário normal das 10h às 16h.

Esclarecimentos SSP – Capela I
A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) não tem medido esforços para garantir a tranquilidade, a ordem e o respeito às leis nos 75 municípios de Sergipe, especialmente neste período que cerca as Eleições Municipais 2012, em especial no dia 7 de outubro, durante a votação. Dentro deste esforço, está o reforço das atividades investigativas da Polícia Civil e o envio de tropas especializadas da Polícia Militar para as localidades em que se faz necessário.

Esclarecimentos SSP – Capela II
No entanto, diferentemente do que foi divulgado, de que uma viatura do Gati [Grupamento de Ações Táticas do Interior, da Polícia Militar] fez recentemente a escolta do senador Eduardo Amorim, em Capela, o referido acompanhamento foi feito por equipe da Polícia Federal.Reiteramos o respeito pela correção e imparcialidade das informações divulgadas na sua coluna, acrescentando que existe, sim uma intensificação da presença de equipes policiais militares e civis nos municípios do interior, destacadamente em Itabaiana, Lagarto e Capela, cidade esta que passou a ser sede da Regional de Maruim, para reforçar o serviço  na unidade com toda a estrutura necessária, até a próxima segunda-feira, por conta do acirramento político local.

Energisa
A data de vencimento das contas da empresa que explora o fornecimento de energia elétrica em praticamente todo o Estado de Sergipe tem mudado, frequentemente. O ideal é que essa data, escolhida pelo consumidor, seja sempre a mesma. A alteração da data representa um contratempo para os consumidores em geral. Com a palavra, a própria Energisa.

Nota pública – Valadares Filho
Quero expressar de público total solidariedade ao meu amigo governador Marcelo Déda, que atravessa um momento difícil em sua vida, pedindo a Deus o seu pronto restabelecimento, certo de que em breve ele estará de volta ao comando do Governo de Sergipe e à liderança do grupo político que dá sustentação à minha campanha à Prefeitura de Aracaju.

Deixe um brinquedo feliz. Dê uma criança para ele!
Próxima sexta-feira (05/10) é o último dia para a doação de brinquedos para a campanha do Dia das Crianças da Semear. Faça sua contribuição de brinquedos novos ou usados que serão doados a instituições que atendem crianças carentes em Aracaju. Local de entrega: sede da Semear, Rua Leonardo Leite (antiga Vila Cristina), 148, bairro São José. Informações: 3214-5800 ou comunicacao@sociedadesemear.org.br

Hebe Camargo I
A cantora e apresentadora, falecida no último sábado, nasceu no dia 8 de março de 1930, em Taubaté (SP). Iniciou sua carreira no início dos anos 30, integrando o conjunto vocal As Três Américas. Excelente cantora, obteve enorme sucesso ao apresentar-se nos principais programas do rádio paulistano, principalmente na Rádio Tupi. Em 1950, participou da primeira transmissão de TV no país, a convite de Assis Chateaubriand. A partir daí, firmou-se como um dos ícones da televisão no Brasil, passando pelas principais emissoras de São Paulo. Ficou quase 20 anos no SBT, de seu grande amigo Sílvio Santos. Apresentou seu festejado programa, além de no SBT, nas emissoras RECORD e Rede TV!

Hebe Camargo II
Estava se preparando para retornar ao velho ninho, o SBT, quando sucumbiu a um câncer. Possui uma extensa discografia, sendo que um dos seus maiores lançamentos foi um álbum em que gravou várias músicas ao lado de grandes astros da MPB, como Chico Buarque, Nana Caymmi e Zeca Pagodinho. Ótima cantora, pioneira e recordista de audiência da TV brasileira, HEBE CAMARGO é um dos grandes nomes da comunicação nacional em todos os tempos.

Curiosidade
O elemento HEBE, de origem grega, significa adolescência, juventude, vigor, mocidade.

Dia Nacional de Luta contra a Privatização dos Hospitais Universitários, hoje 03
Hoje, 03, a Frente Nacional Contra a Privatização da Saúde promoverá em todo o país o “Dia Nacional de Luta contra a Privatização dos Hospitais Universitários”. O ato será uma forma de reação dos trabalhadores da saúde em relação à criação da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), que o governo federal constituiu com a intenção de que ela venha a administrar os HUs. Se depender da Frente, a EBSERH não irá adiante privatizando os hospitais universitários.

Apoio
Em Sergipe, a organização do Dia Nacional de Luta contra a Privatização dos Hospitais Universitários está recebendo o apoio do Sindicato dos Trabalhadores da Universidade Federal de Sergipe (SINTUFS), do SINDIMED, do SEESE, e do CRESS/SE, sob a coordenação dos Centros Acadêmicos de Medicina, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Farmácia e Biologia da UFS, e da Executiva Nacional dos Estudantes de Serviço Social (ENESSO).

Ato unificado
As entidades estarão reunidas no dia 03 de outubro, a partir das 07h da manhã, no Hospital Universitário (HU) em um Ato Unificado de denúncia contra a EBSERH e outras formas de privatização da saúde, procurando esclarecer a população e a comunidade universitária sobre o tema. À tarde, a partir das 15h, a manifestação será no Campus São Cristóvão, com panfletagens na Reitoria e nas Didáticas.

UNIT realiza a 14ª Semana de Pesquisa
Dentro do calendário de comemoração dos seus 50 anos de atividades ininterruptas na Educação brasileira, a Universidade Tiradentes realizará sua 14ª Semana de Pesquisa, no período de 15 a 18 de outubro. É um evento científico já consolidado no calendário científico do Estado de Sergipe e realizado em parceria com o Instituto de Tecnologia e Pesquisa, a Incubadora de Empresa de Base Tecnológica, I-TEC e com a Embrapa – Tabuleiros Costeiros.

Objetivo
Tem como objetivo principal a divulgação dos trabalhos de pesquisa realizados pelos pesquisadores do ITP, pelos docentes e alunos da Unit e demais instituições de ensino e pesquisa  do Estado e da região Nordeste. Aborda, a cada ano, um tema geral que orienta a programação das palestras, mesas-redondas e debates com autoridades renomadas na temática e as comunidades científica, empresarial e governamental.

Parcerias
nessa 14ª edição, também alinhado com a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia,  o debate terá como foco a internacionalização da ciência.A política de pesquisa da Universidade Tiradentes tem propiciado o estabelecimento de parcerias de investigação com universidades estrangeiras, promovendo a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade através do intercâmbio e da mobilidade internacional, o que já está ocorrendo.

Palestras
A Semana de Pesquisa ocorrerá nos cinco campi da Universidade Tiradentes, com palestras temáticas oferecidas também no Museu da Gente Sergipana. Serão mais 6.000 inscritos, mais de 100 mini-cursos oferecidos e 530 trabalhos que serão apresentados nas diversas áreas do conhecimento. Seminários de pós-graduação, seminário de avaliação dos nossos trabalhos de Iniciação Científica, lançamento de livros, resultado de pesquisas desenvolvidas pelos nossos docentes, lançamento dos periódicos de várias áreas do conhecimento, dos nossos cadernos de graduação.  Mais informações pelo e-mail: ester_fraga@unit.br

Rede de cinemas Cinesercla chega a Sergipe
Quando pensamos no desenvolvimento da região metropolitana de Aracaju, o Shopping Prêmio,localizado em Nossa Senhora do Socorro, é tema garantido. Agora, além das já confirmadas lojas Marisa, C&A e Leader , a administração do shopping anuncia oficialmente mais uma novidade: a chegada do cinemas. Com inauguração prevista para o mês de dezembro, a ampliação do centro de compras contará com quatro salas da Rede Cinesercla, a qual está presente em oito Estados brasileiros, somando mais de 60 salas.

Rede nacional
O Prêmio contará com a qualidade de uma rede nacional, com salas equipadas com som digital, poltronas em couro, bilheteria e bombonieres informatizadas. Além da tecnologia digital em som e projeção, uma das salas foi exclusivamente projetada para exibir filmes 3D. Somados à arquitetura de muito conforto e segurança, a rede Cinesercla promete que os preços justos dos seus ingressos serão uma atração à parte.

PIB
Previsão para 2012 encolheu, mais uma vez. Agora, o Produto Interno Bruto do Brasil deverá ficar em 1,6 por cento. A expansão da economia nacional era, antes, calculada pelo Banco Central em 2,5 por cento.

Reviravoltas nas capitais
Manaus, Porto Alegre, Fortaleza, Recife e Aracaju. Nessas cidades as pesquisas recentes apontam para verdadeiras reviravoltas.

Desemprego
A taxa de desemprego apurada no mês de agosto foi de 11,1 por cento. A constatação foi feita pelo DIEESE, com base em pesquisas efetuadas nas sete regiões metropolitanas do Brasil no referido mês.

Investimento estrangeiro
Segundo estimativa do Banco Central, cerca de 60 bilhões de dólares entrarão em nosso país como investimento externo produtivo até o final de 2012.

Frase
“Meu país não é um time de futebol, é um país soberano.” – A autora é a presidente da Argentina, Cristina Kirchner.

AMBEV
Com 70 por cento do mercado de cervejas, prossegue liderando o setor, com folga. A Heineken avança. Comprou a KAISER (ex-Femsa). Em outubro entra em vigor (já está), o aumento dos impostos pagos pelos fabricantes de bebidas frias, que é de 27 por cento. Mas quem entra, mesmo, numa “fria” é o consumidor. A CERVBRASIL, entidade que representa o setor, reclama do fato de ter ficado de fora do projeto de desoneração, lançado pelo Planalto.

Autran Dourado
O escritor mineiro Autran Dourado, conhecido por sua obra marcada por personagens angustiados, faleceu, no último domingo, em sua casa, em Botafogo, na zona sul do Rio de Janeiro. Natural da cidade de Patos (MG), estava com 86 anos de idade. Seus romances mais conhecidos são ÓPERA DOS MORTOS, UMA VIDA EM SEGREDO e A BARCA DOS HOMENS, todos publicados pela Editora Rocco. Em 2000, Autran Dourado recebeu o prêmio CAMÕES, o mais importante da literatura em língua portuguesa. Já em 2008, conquistou o MACHADO DE ASSIS, prêmio concedido pela Academia Brasileira de Letras pelo conjunto de sua obra.

Documento falso
O jornal “L”Osservatore Romano”, do Vaticano, afirmou ser falso o papiro do século IV no qual aparece a frase no idioma copta “Jesus lhes disse: minha esposa”.

Debate
Será hoje o primeiro debate entre os candidatos à presidência dos Estados Unidos, Obama e Romney, na cidade de Denver.

Eleição municipal
Na reta final, em Aracaju, são publicadas, a partir de hoje, as últimas pesquisas. Hoje, no Jornal do Dia. No sábado, pela TV Sergipe/IBOPE. Amanhã, dois eventos: último dia da propaganda eleitoral na televisão e o debate na TV Sergipe/Rede Globo. Os debates da Globo serão realizados nesta quinta-feira em todas as capitais brasileiras.

Nelson Rodrigues
Na sexta-feira, a peça “Toda Nudez Será Castigada”, escrita em 1965, fará sua estreia, em São Paulo. A nova montagem é dirigida por Antunes Filho.

Flagrantes esportivos
FUTEBOL – Romário cita ligação suspeita de Nuzman e pede investigação. COMENTÁRIO – O ex-craque Romário consegue manter um bom nível em seu mandato como deputado federal, abordando, com conhecimento de causa, vários problemas do futebol e do esporte brasileiro como um todo. Dessa feita, investe contra o poderoso presidente do Comitê Olímpico Brasileiro – COB, Carlos Artur Nuzman, há anos no cargo. Recentemente, Romário criticou severamente o técnico Mano, da seleção brasileira de futebol. /// FALECEU – Gersinho, ex-ponta-direita do Santos, campeão em 1984, foi sepultado, em São Paulo. Ele jogou no Santos de 1981 a 1984. /// SERGIPE – Setor de comunicação social do Club Sportivo Sergipe divulgou que o clube rubro não concorda com a proposta do Confiança, endossada pela FSF, para o campeonato de 2013. /// A Federação vai convocar uma reunião para debater o importante assunto. /// SELEÇÃO BRASILEIRA – Será disputado hoje à noite (22 horas), na cidade argentina de Resistência, o segundo encontro entre Argentina e Brasil, no chamado Super Clássico das Américas. Como venceu o primeiro jogo, por 2 X 1, a seleção nacional jogará por um empate. /// INTERNACIONAL – O Barcelona derrotou o Benfica por 2 X 0 e segue com 100 por cento de aproveitamento na Copa da UEFA. Várias partidas foram realizadas ontem, pela importante competição européia.

Curtas
Ministros divergem sobre regra para desempate no julgamento do mensalão. /// Costa Neto, condenado, diz que vai recorrer a Corte Internacional. /// IBOPE aponta, em São Paulo: Russomanno – 27; Serra – 19 e Haddad – 18. /// Assalto a agência do BB em Aracaju: 790 mil são levados pelos ladrões. /// É o maior montante em dinheiro em um só assalto, nos últimos cinco anos. /// Tribunal Regional Eleitoral começa a distribuir as urnas para as eleições municipais de domingo. /// DILMA participará de comício hoje em Belo Horizonte, para impulsionar candidatura de PATRUS ANANIAS. /// Liderança em BH é de Márcio Lacerda, do PSB, apoiado por Aécio (PSDB). /// Brasil conhecerá novo quadro partidário após a eleição municipal de 2012. /// Planalto volta a encarar os bancos e agora pressiona pela redução das tarifas bancárias. /// Agência Nacional de Saúde suspende venda de 301 planos. /// DILMA ROUSSEFF defende parceria com os árabes e critica protecionismo.

PELO TWITTER

www.twitter.com/laysmillena A palavra dita não volta. Por isso que é importante pensar antes de falar certas coisas. É difícil, mas com exercício, é possível.

www.twitter.com/ojoaoaugusto Um vespeiro só se espanta quando é incomodado, do contrário, permanece tranquilo. Na intranquilidade vai ao ataque, seu risco é sucumbi.

www.twitter.com/WilliamFonseca Se houver dez motivos para chorar e apenas um para sorrir, ainda assim estarei feliz. Estou vivo e vou à luta. Bom dia a todos.

www.twitter.com/ braynerr Um erro o vazamento do resultado da pesquisa da TV-Cidade. Desacredita a pesquisa porque já é de conhecimento público

ARTIGO

Evoé Governador ! (1ª Parte)    Gil Francisco (novembro de 2005)*  

“Não posso pensar como sindicalista. Tenho que pensar como governador do estado”.

Ouvi falar pela primeira vez do deputado Marcelo Déda, em 1994, por intermédio de meu irmão Jaime Francisco, na época profissional de vendas nesse estado, dos Tubos e Conexões Tigre. Como representante atuante nos 75 municípios, teve tempo suficientemente para obter um panorama político do Estado e construir uma idéia própria, baseando-se em comentários de eleitores em território sergipano. Ao retornar ao final de cada semana à Salvador, durante o almoço ou uma caminhada pelas alamedas de Ipitanga, Lauro de Freitas, comentava a atuação de um jovem parlamentar sergipano, que vinha se destacando no cenário político nacional.

Quando cheguei à Aracaju, no início de fevereiro de 1996, para coordenar e chefiar o Departamento do curso de letras, da Universidade Tiradentes – UNIT passando a acompanhá-lo melhor na sua trajetória política e endossar as observações feitas por Jaime, sobre o estreante parlamentar federal.

Apesar de sermos de partidos diferentes, ideologicamente, comungamos no mesmo rosário, no mesmo abecê socialista, quis conhecê-lo pessoalmente. Nosso encontro foi breve e de impressão forte, não falei com ele, mas observei seu rosto tinha a estampa viva de um triunfante jovem parlamentar. O ocorrido deu-se em 2004, quando da abertura da via de interligação do Conjunto Beira Mar I e II ao Conjunto Santa Tereza (rota de fuga). Ali tive a oportunidade de cumprimentá-lo, no momento em que passava pela porta da minha residência, dirigindo-se ao palanque, armado em frente ao Bar de Buarque, popular arrumadinho. Mas os vereadores Sérgio Góis e Emanuel Nascimento haviam me chamado para perguntar algo que no momento não me recordo, e fui desviado do tão esperado encontro com o prefeito.

Finalmente aconteceria em 15 de julho de 2005, no terraço do Edifício Walter Antonio Bonfim, sede do Cinform, em que reuniu vários convidados para um intercâmbio de idéias, quando estiveram presentes Marcelo Déda, Eliane Aquino (sua esposa), Edvaldo Nogueira, Oliveira Júnior, Rosalvo Alexandre, Jozailto Lima, Murilo Lima, Antonio Bomfim e outros. Ali tivemos uma entusiasmada conversa por mais de três horas, sobre música, filosofia, literatura, política, os bastidores de Brasília, o governo Lula, o Partido dos Trabalhadores, escândalos sobre corrupção envolvendo membros do PT e especificamente a estratégia da sua campanha ao governo do Estado de Sergipe. (ver. Vandré, um nome que marcou a canção de protesto. Cinform, 29/08 a 04/09/2005)

Ouvi atentamente, com ouvidos de caçador e paciência de pescador. Não excitaria em afirmar que estava diante de um político preparado, um intelectual muito bem articulado nas questões humanísticas, e esses conhecimentos filosóficos e de teorias políticas o fizeram solidificar seu pensamento, durante sua gestão na Prefeitura Municipal de Aracaju. Inteligente e questionador desde os tempos do colégio Atheneu segundo depoimento dos colegas, Marcelo Déda é essencialmente um político que pensa, planeja e executa. Quero dizer, um pensador, um educador e gestor das formas institucionais de transmissão da cultura.

Na qualidade de jornalista cultural, sempre tive prudência em falar sobre esse assunto, devido à convivência com alguns políticos baianos, que não quer dizer medo, pois já havia trabalhado assessorando o Secretário de Educação e Cultura do Estado da Bahia, o amigo Edivaldo Machado Boaventura, hoje Diretor Geral do Jornal A Tarde; com o senador Antônio Carlos Magalhães (indiretamente), durante quatro anos no Correio da Bahia, jornal de sua propriedade, onde divulguei boa parte da literatura comunista (brasileira e estrangeira), sem nunca ter sido punido por quaisquer dos textos publicados, apesar de não concordar com seus métodos truculentos. No governo de Waldir Pires, com o secretario de Cultura, o poeta José Carlos Capinan e um trabalho intelectual com o senador Luiz Viana Filho, na pesquisa para a reedição de dois livros de sua autoria: A Sabinada (1938) e A Margem d’ Os Sertões (1960). Do senador arenista guardo autografados dois livros: um exemplar da Constituição do Brasil, edição recolhida por trazer equivocado o prefácio em lugar do Preâmbulo, e A vida de José de Alencar, que pela nossa intimidade, trata-me carinhosamente: “Ao amigo e confrade Gilfrancisco muito cordialmente”.

Todos nós sabemos que o partido dos trabalhadores, abriga diversas facções e tendências, todas posicionadas à esquerda no espectro político, inclusive um, ou várias, expressamente denominadas socialistas. Hoje, quando as ideologias simplificadoras são recolocadas em questões, quando o questionamento se refere mais que nunca aos direitos humanos, estamos prontos para ouvir as vozes dos excluídos. Porque o princípio da soberania é um só para todos os níveis de produção da vida social, não apenas da indústria, mas de toda a economia, as artes, a saúde, a literatura e outros.

Aos poucos, o governo estadual vai procurando ajustar a máquina do governo junto ao secretariado, para amenizar as chagas das desigualdades nas condições de vida do povo sergipano, o predomínio do interesse individual sobre as necessidades sociais.

Experiente, equilibrado, capaz de dialogar com a condução de uma liderança firme, democrática, com profundo conhecimento de vários pensadores da história universal, a relação da vida do político Déda é como de um artista com sua obra, sempre levantou problemas embaraçosos, e essa avidez em ver noticiado, exibido e discutido em público aquilo que antes não era da conta de ninguém e constituíra assunto estritamente privado.

Além da ação eficaz e intensa mobilização da própria sociedade sergipana em torno do projeto comum de desenvolvimento com justiça e exercício pleno da cidadania, certamente, postura dessa natureza, exige habilidade, e nesse sentido, o governador Marcelo Déda está atento para todas as cenas da sociedade. Graças ao seu carisma, o tornou a principal liderança no Estado de Sergipe, por possuir um discurso (é, portanto a língua atualizada num momento dado, por um dado individuo, quer como fala ou como escreve) que nos redime de uma linguagem política inoperante e invasora, ensinando-nos outras maneiras de ver e amar as coisas. Esse discurso reside na sólida crença ideológica, na solidariedade e dignidade humanas, valores morais ainda capazes de impedir o triunfo do niilismo e do totalitarismo nesses tempos tão difíceis por que não dizer “sombrios”, que não são novos, como não constituem uma raridade na história. Contudo, creio que o tempo histórico, está visivelmente presente em toda sua trajetória política. Que mesmo no tempo mais sombrio, temos o direito de esperar alguma iluminação, porque existem homens que não conseguem diferenciar a luz de um vela ou a de um sol resplandecente.

Não acreditamos em milagre, mas em muita disposição e empenho para o trabalho. Enfrentamos problemas em alguns setores da administração fáceis de serem superados, mas é preciso prudência, não queremos devolver o Estado às velhas oligarquias. Recordo-me que na instalação do primeiro governo democrático da Bahia, Waldir Pires e seu secretário, pouco puderam realizar em pouco mais de um ano, pois renunciou o governo para candidatar-se em 1989 a vice-presidência da república. Em nosso caso é diferente, Marcelo Deda terminará o mandato e será candidato a reeleição.

O governo Marcelo Déda é um esforço sério para mostrar que Sergipe tem rumo definido entre os estados do nordeste. Digo isso porque recompôs o homem por inteiro, pleno de alegria e felicidade, sabe como poucos, manter unidas a ética política e a cultura, com rara coerência entre as idéias e sua ideologia partidária. O chefe do Estado, incumbido de fazer executar as leis e velar pela execução dos negócios do Estado, em meio a tantas atribulações de várias ordens, pôde expressar o seu apego às idéias de Rousseau, Hegel, Marx e Gramsci, numa tentativa permanente de renovação do legado teórico, tanto a tradição como a história, herdadas por esses pensadores, as preparou para captar melhor uma época em que se apagam as fronteiras territoriais e ideológicas, para reinventar uma moral sobre os escombros de outras morais falidas.

E foi assim que o democrata Marcelo Déda Chagas, sergipano simãodiense, chegou ao Palácio Governador Augusto Franco, a passos tardo, mas firme, para ocupar uma governadoria mutilada, de um estado em crescente empobrecimento.

Sua permanência no primeiro escalão da liderança sergipana deve-se à sua arguta inteligência, perspicácia, e experiência política e principalmente à sua sabedoria. Déda revela um homem extremamente educado, polido, discreto e com certas características do homem do interior, afável, feito para o convívio, para a convivência e explosivo quando necessário. Com calma, absoluto controle, sabedoria de vida, vai tecendo o seu enredo sem demonstrações exageradas de afeto ou intimidade. Sempre comedido e bem informado.

Por todos esses motivos aqui expostos pelas suas realizações marcantes e inovadores na Prefeitura Municipal de Aracaju, pela sua liderança e firmeza, pela dedicação à causa democrática, é que o nome de Marcelo Deda se destacou e continuará sendo respeitado pela comunidade, civil, religiosa e política. Seu discurso reflete quem o é, descobriu, conheceu e revelou-se seguindo as diretrizes do seu programa de governo com as quais se compromete. Finalizando esta missiva, proclamo agora, àqueles que ainda não se aperceberam em tempo, outros atributos seus: rigidez de princípios, fidelidade aos amigos, fraternidade com todos. Meu respeito, minha admiração.

Ninguém se espante se em breve o nome de Marcelo Déda, for fonte múltipla de evocação regional e nacional. Evoé Governador!

* jornalista, professor universitário, Diretor do Departamento de Imprensa da ASI, membro do Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe e do Instituo Geográfico e Histórico da Bahia.gilfrancisco.santos@gmail.com

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun

Frase do Dia (Soneto a Marcelo Déda) por Wanderson Andrade
Monarcas, desde outrora, crêem: vitória
Deuses concedem para iluminados.
Ou foi acaso sermos liderados
Por um trabalhador alçado à glória?

Os reis não têm vontade. Nossa história
Comprova que escolhidos são levados
Da fábrica ao palácio (e abençoados
Pela brilhante fibra na oratória).

Angústias superadas, esta terra
Entronizou quem nunca temeu guerra,
Homem de infantaria, combatente,

Que à frente dos milhões discursa, inflama.
A massa viu mudança. Agora, clama:
"Coragem, Déda. Vença novamente".

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários