Terra das confissões

0

Ao contrário do resto do país, onde só se delata em troca de prêmios, tipo redução de penas, Sergipe esbanja em confissões graciosas sobre crimes praticados nas vidas pública e privada. Um bom exemplo disso foi dado pelo então vice de Aracaju, José Carlos Machado (PSDB). Ano passado, ele confessou que a maioria dos secretários municipais só pensava em roubar, enquanto o prefeito João Alves Filho (DEM) “estava cagando pra tudo isso”. A Polícia Civil, o Ministério Público e outros órgãos afins não deram importância à grave revelação do político tucano. Resultado: meses depois, descobriu-se um golpe no caixa do IPTU superior a R$ 17 milhões. Há quem garanta – e é provável – que o rombo nas contas da prefeitura seja bem maior. Agora mesmo, o dublê de político e empresário Edvan Amorim (PR) confessou candidamente que pagava semanadas ao governador Jackson Barreto (PMDB), e que este também recebia gordas propinas de uma empresa coletora de lixo e de uma agência de publicidade. O que fizeram, até agora, a Polícia Civil e o Ministério Público Estadual para apurar tão grave delação não premiada? Ao que se sabe, nadica de nada. E qual a reação da OAB, da oposição da Assembleia, da chamada grande imprensa, dos sindicatos e da Igreja? Nenhuma. Não se interessaram em saber nem mesmo o valor da criminosa semanada paga por Amorim ao governador de Sergipe. Por que será? Mistééééério!

Cortando prego

Tem ex-vereador sem dormir desde que a delegada de Polícia, Danielle Garcia, anunciou a segunda fase da operação que investiga desvio de dinheiro na Câmara de Aracaju. No ano passado, a delegada e o Ministério Público flagraram vereadores usando notas fiscais forjadas para abocanhar a gorda verba indenizatória paga pelo Legislativo. Segundo Danielle, nesta próxima fase também estão na mira da Polícia uma advogada e uma associação comunitária. Cruzes!

Pediu a bênção

E o maior líder do PCdoB sergipano, prefeito Edvaldo Nogueira, se ajoelhou diante do presidente Michel Temer (PMDB) em troca de algumas promessas para Aracaju. Foi levado ao sacrifício pelo governador Jackson Barreto (PMDB). Os dois se fizeram acompanhar pelos bem votados políticos Almeida Lima e Benedito Figueiredo, ambos do PMDB. Será que o radical PCdoB vai rezar a mesma ladainha do discípulo vermelho?

Quem é o pai?

O senador Eduardo Amorim (PSC) e o governador Jackson Barreto não se entendem mesmo. Agora, estão brigando sobre quem é o autor da solicitação de emprego da Força Nacional em Sergipe. O primeiro jura ter sido ele quem pediu a este governo temerário o reforço policial. JB o desmente, alegando que “solicitar o emprego da Força Nacional é competência formal, legal e personalíssima do governador”. Então, tá!

Estranho roubo

E o secretário da Saúde de Aracaju, André Sotero, está encafifado com o arrombamento do prédio municipal usado pela Secretaria como arquivo. Os gatunos roubaram documentos de exonerações, listas de aposentados e dados sobre a frequência dos servidores relativa ao período de 2012 a 2014. O arrombamento foi comunicado à Polícia, que procura os safados responsáveis pelo roubo da papelada oficial. Misericórdia!

Novo pleito

A qualquer momento, a Justiça Eleitoral deve marcar a data da nova eleição para a escolha do prefeito e vice de Carmópolis. O pleito anterior foi anulado por irregularidades na chapa encabeçada por Volney Leite Alves (DEM), que terá direito de participar da nova disputa. Enquanto a população não vai às urnas, o município está sendo administrado pelo presidente da Câmara, vereador Luiz Guimarães (PSB).

Barril de pólvora

O presidente do Tribunal de Justiça de Sergipe, desembargador Luiz Mendonça, participa hoje, em Brasília, de reunião sobre a crise do sistema penitenciário. Convocado pela presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, o encontro reunirá os presidentes dos 27 judiciários estaduais visando encontrar alternativas que reduzam a superlotação dos presídios e, por consequência, a criminalidade entre os detentos. Crendeuspai!

Mãos ao alto

A Polícia Civil sergipana amanheceu nesta quinta-feira prendendo gente. De posse de 14 mandados de prisão, 70 policiais engaiolaram suspeitos de estupro, tráfico de drogas e homicídios. Os presos se encontram no Complexo de Operações Especiais da SSP à disposição da Justiça. Aff Maria!

De irmão pra irmão

O governo de Sergipe já solicitou ao Ministério da Justiça a liberação do policial rodoviário federal Fábio Henrique (PDT). Ex-prefeito de Socorro, o pedetista assumirá a Secretaria Estadual de Turismo assim que a liberação for concedida. Fábio vai substituir o irmão Adilson Júnior (PDT), atual vice-prefeito de São Cristóvão. Saulo Eloy responde interinamente pela Secretaria.

Boa nova

Uma boa notícia em tempo de crise: o Ministério da Educação anuncia hoje o índice de reajuste do piso salarial dos professores de 2017. De acordo com cálculos de entidades educacionais, a majoração deverá ser de aproximadamente 7,5%. Com isso, o menor salário a ser pago a professores da educação básica da rede pública deve passar dos atuais R$ 2.135,64 para um valor entre R$ 2.285 a R$ 2.298. Menos mal, né?

Janelas da vida

A fotógrafa Tanit Bezerra inaugura nesta quinta-feira, a exposição "Esmeralda da Vida". Instalada no M Depósito de Arte, bairro 13 de Julho, a mostra exibirá registro fotográficos de paisagens, pessoas, cenas do cotidiano, eventos, espetáculos musicais e teatrais do acervo pessoal da amiga Tanit. Prestigie!

Recorte de jornal

Publicado no jornal sergipano Gazeta Socialista, em 11 de dezembro de 1948

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários