Vendedores de votos

0

Em todo período eleitoral surgem campanhas contra a compra de votos, orientando o povo para não aceitar propostas indecorosas e advertindo os políticos sobre as punições aplicadas a quem tenta corromper o cidadão. Talvez para ser simpático à população, ninguém admite que também existe, por parte do eleitor, um clientelismo explícito. Quando muitos se aproximam do candidato, o fazem pensando em levar vantagem pessoal. E os pedidos são os mais diversos, desde emprego até dinheiro mesmo. É uma hipocrisia negar que, em muitos casos, a proposta de venda do voto parte do eleitor e é feita diretamente ao político. Ora, enquanto houver um mercado para a venda, haverá sempre alguém disposto a comprar. O lastimável nisso tudo é que os candidatos sérios, dispostos a trabalhar em favor da coletividade, que não aceitam o jogo da compra de votos, acabam sendo derrotados. Claro que é necessário punir os maus políticos, mas enquanto parte do povo continuar vendendo a consciência por alguns trocados, o comércio de votos permanecerá florescente.

Sem novidades

Na coletiva de ontem, o deputado estadual Zé Franco (PDT) não falou nada além do que já se sabia. Reafirmou o apoio ao candidato a governador Eduardo Amorim (PSC), se disse pronto para substituir a colega Angélica Guimarães (PSC) na presidência da Assembleia, e prometeu pedir a anulação da ata do PDT porque seu nome não foi incluído como candidato à reeleição. Quanto ao provável apoio ao candidato a deputado estadual padre Inaldo (PCdoB), só o futuro dirá.

Vestiu a carapuça

E o candidato a vice-governador Augusto Franco Neto (PSDB) está por aqui com o senador Antônio Carlos Valadares (PSB). Tudo porque ‘Vavá’ afirmou que do lado aposto ao dele estão os milionários. “O senador devia dizer que me procurou várias vezes, pedindo que eu fosse seu candidato a vice quando ele tentou disputar o governo”, reagiu o tucano. Misericórdia!

Águas passadas

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Ricardo Lewadowski, manteve a eleição por voto secreto de Susana Azevedo para o cargo de conselheira do Tribunal de Contas de Sergipe. O ministro entendeu que a definição de voto secreto pela Constituição estadual, para fim de eleição de conselheiro indicado pela Assembleia Legislativa, não ofende a Constituição Federal. A inconstitucionalidade do voto secreto foi arguida pelo ex-deputado Belivaldo Chagas (PSB).

Vapt Vupt

Em apenas uma sessão extraordinária os vereadores aracajuanos aprovaram 17 projetos do Executivo municipal. Num piscar de olhos, eles alteraram o Plano Diretor para permitir a construção de prédios de 16 andares na Orla de Atalaia. Também disseram sim à criação da Nota Fiscal Eletrônica de Serviços, e concordaram com a cessão da área no Parque da Sementeira para a construção de um memorial em homenagem ao ex-governador Marcelo Déda (PT). Depois dessa trabalheira toda, os vereadores retornaram às férias, pois ninguém é de ferro.

Fórum reage

O Fórum de Defesa da Grande Aracaju vai pedir socorro ao Ministério Público Estadual para anular a sessão extraordinária da Câmara de Vereadores, que aprovou 17 projetos do Executivo. A entidade afirma que faltou uma análise mais criteriosa para matérias complexas, como a que permite construções de prédios com até 16 andares na Orla, impermeabilização de 100% dos lotes urbanos, e redução para 2,5 metros do pé direito das novas unidades habitacionais.

Comitê

A coligação ‘Agora é o Povo’, encabeçada pelo governador Jackson Barreto (PMDB), inaugura hoje à noite o comitê central da campanha, localizado na avenida Barão de Maruim, em Aracaju. Os organizadores prometem uma grande festa popular para marcar o início oficial da campanha de Jackson à reeleição.

Mudou o voto

O ex-deputado estadual e empresário Marcos Franco (PMDB) resolveu apoiar a reeleição do deputado estadual Jeferson Andrade (PSD). A decisão foi tomada depois que Antônio Carlos Franco Sobrinho (PMDB) desistiu de concorrer a uma cadeira na Assembleia. Para a Câmara Federal, Marcos Franco apoiará a reeleição do deputado lagartense Fábio Reis (PMDB).

Papo de bar

De um bebinho numa animada roda de viola instalada num barzinho de Aracaju: “Na família do senhor não tem um que cante um tico. Titico não canta nada, e o senhor é pior que Titico”.

Golpe virtual

Um e-mail criado por golpistas circula na internet com o provável intuito de roubar dados das pessoas ou instalar programas maliciosos nos computadores. Os golpistas, desta vez, procuram, prioritariamente, enganar os inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).  Estes tipos de golpes são frequentes na internet, principalmente pela curiosidade que essas mensagens despertam nas pessoas. O ideal é ficar atento, instalar antivírus no computador e não abrir e-mails considerados suspeitos. Se ligue!

Tucano na serra

O primeiro comício do presidenciável Aécio Neves (PSDB) no Estado será em Itabaiana. O tucano aceitou o convite feito pelo prefeito itabaianense, Valmir de Francisquinho (PSC), que estava acompanhado, entre outros, do candidato a governador Eduardo Amorim (PSC) e do postulante a vice Augusto Franco Neto (PSDB). A data do comício será acertada posteriormente pela coordenação da campanha de Aécio.

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano A Notícia, em 2 de janeiro de 1897

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários