Acusado de estuprar e matar turista é condenado a oito anos de prisão

0

 

Julgamento ocorreu na última quarta-feira, 7, na 5ª Vara Criminal (Foto: arquivo Portal Infonet)

Um homem identificado como Ernande Marcelino da Silva, de 47 anos, foi condenado a pena de oito anos e nove meses de reclusão em regime fechado pelo assassinato da turista mineira Cleuza Lourenço Machado. O crime ocorreu em 2015, na região o Banho Doce, na Praia de Atalaia, em Aracaju, e o julgamento ocorreu na última quarta-feira, 7, na 5ª Vara Criminal.

A técnica de Enfermagem Cleuza Lourenço Machado, tinha 48 anos quando foi assassinada. Ela morava em Sete Lagoas (MG) e estava de férias em Aracaju. A turista foi encontrada morta, sem roupas e com hematomas pelo corpo. A Polícia Civil constatou que a vítima foi asfixiada e estuprada.

Duas semanas depois, o autor do crime, o flanelinha Ernande Marcelino da Siva foi preso por policiais do Grupamento Especial Tático de Motos (Getam) após o recebimento de diversas denúncias. No momento da prisão, ele confessou os policiais, com riqueza de detalhes, os instantes que teriam levado à morte da técnica de enfermagem. Ernande era foragido da Justiça do Distrito Federal por sete condenações, que envolvem três estupros [um deles seguido de morte], outros homicídios e roubo.

Por Verlane Estácio

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais