Advogados da União farão nova assembléia na quinta

0

Os advogados públicos, em greve por tempo indeterminado, farão nova assembléia na próxima quinta-feira, 24, às 9h, na sede da Ordem dos Advogados do Brasil seccional Sergipe (OAB/SE). O motivo da greve é o não cumprimento do Governo Federal de acordos firmados em 2007, como os reajustes na tabela salarial e regularidade dos subsídios da categoria dos advogados públicos federais, que envolve três carreiras: os procuradores federais, advogados da união e defensores públicos.

Em Sergipe são cerca de 50 advogados sem trabalhar. Por conta da paralisação, serviços como o andamento das licitações para as obras do PAC, a arrecadação fiscal e o trabalho prestado pela defensoria à população ficarão comprometidos. Como também, as ações de combate a corrupção, já que os procuradores não poderão dar andamento aos processos de improbidade administrativa.

Ontem, os advogados se  reuniram com o objetivo de definir um calendário de manifestações para conclamar aos demais advogados e defensores públicos da União maior integração com o movimento grevista.

Comentários