Agentes de segurança do Cenam farão paralisação

0

Eziel Oliveira/Foto: Arquivo Portal Infonet
Na próxima quinta-feira, 4, agentes de segurança do Centro de Atendimento ao Menor (Cenam) irão realizar uma paralisação. De acordo com o presidente do Sindicato dos Agentes de Segurança, Eziel Oliveira, desde agosto do ano de 2008, os agentes reivindicam por reajustes de salários e melhores condições de trabalho.

“Fizemos uma greve em agosto de 2009, em setembro do mesmo ano nos reunimos com o secretário Jorge Alberto para discutirmos as nossas reivindicações e naquela ocasião Jorge Alberto fez o impacto e disse que naquele momento não era possível enquadrar o reajuste da categoria, então pediu que aguardássemos a primeira quinzena de janeiro”, relatou Eziel.

Ainda de acordo com o presidente do sindicato, no último dia 25 tiveram uma reunião com o secretário Jorge Alberto. “Ele informou à categoria que João Andrade ainda não tinha prestado contas da folha do exercício base 2009, então não tinha como adequar o reajuste proposto pela categoria, com isso ele pediu que aguardássemos a prestação de contas, mas não deu prazo”, informou.

Segundo Eziel, o salário dos agentes de segurança do Cenam é R$ 471, o que para a categoria não é uma remuneração justa. “O governo deu reajuste escalonados para outras categorias, mas não deu aos agentes. Existe uma gratificação, mas se eu me aposentar ou me afastar vou receber esse salário de R$ 471 e toda a sociedade sabe da dificuldade de trabalhar dentro do Cenam”, explicou o presidente do sindicato.

De acordo com Eziel Oliveira, os agentes irão aguardar um posicionamento por parte do governo. “Iríamos fazer essa paralisação na quarta-feira [3], no entanto para não prejudicar a visita de familiares que vem do interior vamos parar na quinta, mas se não tivermos respostas iremos paralisar no próximo domingo [7] dia de visita”, pontuou.

O presidente da Fundação Renascer Gicelmo Albuquerque, ressaltou que até  o momento não tem nenhuma informação oficial a respeito da paralisação. “Vamos aguardar e o que for feito, a administração irá tomar as providências cabíveis”, pontuou.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais