Banco do Povo é lançado no presídio de Areia Branca

0

Por conta de uma parceria firmada entre Secretaria de Estado de Combate a Pobreza e o Banese, a partir de agora os detentos do Presídio de Areia Branca têm acesso aos serviços de micro-crédito ofertados pelo Banco do Povo. Segundo a direção do banco, esta é uma forma do Estado contribuir para a ressocialização dos presos. O Banco do Povo permite o microcrédito para que as pessoas possam iniciar ou ampliar seus negócios com empréstimos de R$ 100,00 a R$ 5.000,00, a juros mais baixos que os encontrados no mercado. Desde o mês de outubro, informou o presidente do Banese, Jair Araújo, o programa de micro-crédito vem liberando recursos para as detentas do presídio feminino de Aracaju.

Comentários