Casos de dengue aumentam em Sergipe

0

Em 2005, os casos de dengue subiram 89,75%, em relação ao ano de 2004. Dados fornecidos pela Coordenação Estadual de Vigilância e Doenças Transmitidas por Vetores mostram que no ano passado foram registrados 962 casos da doença, contra 507 em 2004. Somente em Aracaju, foram 358 casos, número três vezes maior do que o registrado em 2004, quando 117 pessoas foram picadas pelo mosquito transmissor da dengue. Três pessoas morreram por causa da dengue, número relativamente pequeno, mas, se considerado que em 2004 nenhum óbito foi registrado, preocupante. Os três falecimentos ocorreram nas cidades de Simão Dias, Nossa Senhora do Socorro e Neópolis. Os cinco municípios com maior número de casos confirmados da doença, além de Aracaju, foram: Neópolis, 117 casos, Própria, 111, Estância, 60 e Pedra Mole, 45. A integrante da Coordenação, Vandrina Nóbrega, o principal motivo para o crescimento dos casos de dengue no Estado foi a mudança política. “Em muitas cidades entraram prefeitos novos, conseqüentemente, novos secretários da saúde, gerando uma interrupção nos programas de combate à dengue”, diz ela.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais