Coco Folia apresenta pontos negativos na prevenção de DSTs

0

A campanha de prevenção às Doenças Sexualmente Transmissíveis – DST – realizada durante o Coco Folia, foi avaliada hoje, dia 13, pelo coordenador do Programa DST/Aids, Almir Santana. A festa carnavalesca, que reuniu milhares de pessoas no final de semana na Atalaia Nova, Barra dos Coqueiros, teve aspectos negativos referentes à campanha.

De acordo com o médico Almir Santana, o ponto negativo no Coco Folia foi o fato de a campanha não ter tido a participação dos agentes de saúde da Barra dos Coqueiros. Além disso, não foram disponibilizados preservativos no Posto de Saúde da Atalaia Nova, pois este esteve fechado durante a festa.

Um dos fatos que mais chamou a atenção do coordenador do programa foi a reação positiva das mulheres na procura pelos preservativos, indicando que elas estão entendendo as mensagens das campanhas.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais