Conciliação: Mais de 2 mil processos serão analisados

0

A representante Luíza Rachel recebeu atendimento na semana da conciliação (Fotos: Portal Infonet)
Na manhã desta segunda-feira, 29, a representante de cosméticos Luíza Rachel Santos Tavares procurou o Fórum Desembargador Fernando Franco, localizado no bairro Santa Maria, para resolver um processo de dívidas. Rachel contou que há cerca de dois meses tenta receber o pagamento de uma proprietário de um salão de cabeleireiro, mas não obtém sucesso. Segundo a representante a dívida equivalente a pouco mais de R$ 200.

“Quero tentar que ela pague a dívida. Infelizmente tentei negociar, mas não houve interesse”, diz a representante, que apesar de não conseguir a conciliação teve a audiência remarcada. “Ela não veio, por isso a audiência foi remarcada para uma nova data”, diz Rachel.

O Juiz Corregedor Marcel de Castro Britto explicou que as ações são de processos já existentes e

O Juiz Corregedor Marcel de Castro Britto
que neste ano serão analisados 2208 processos em todos os fóruns integrados do Estado, sendo que a expectativa é que 40% dos processos sejam conciliados. O Juiz esclarece que a conciliação tem o papel de beneficiar a todas as partes e que todos saem ganhando. “A diferença para o processo que é julgado pelo Juiz é que nem sempre a sentença agrada a todas as partes”, salienta.

A semana da conciliação, que começou nesta segunda-feira, 29, segue até o dia 3 de dezembro. As audiências estão ocorrendo em 33 unidades judiciárias e conta com um efetivo de aproximadamente 350 pessoas, entre juízes, conciliadores e funcionários dos cartórios.

Por Kátia Susanna

Comentários