Crise do PFL não atinge Sergipe

0

A crise vivida no âmbito federal pelo PFL, por força de uma ação da Polícia Federal junto a empresas da governadora do Maranhão, Roseana Sarney e de seu marido, Jorge Murad, parece não ter refletido junto ao PFL sergipano. É bem verdade que o diretório estadual emitiu nota oficial, a semana passada, solidarizando-se com a governadora, mas ficou só nisso. Nenhum líder do Partido fez mais alguma manifestação, nem mesmo o “virtual” candidato do PFL ao Governo do Estado, João Alves Filho. Todos estão “na moita”, aguardando o desenvolvimento do problema. Em toda esta confusão, Roseana é que perdeu intenções de votos. Tinha antes, 25% das intenções, que agora caiu para 20%. E se essa poeira não baixar, a coisa vai piorar ainda mais.

Comentários