CUT entra com representação contra Governo do Estado

0

Diretoria da CUT vai ao MPE
Integrantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT) em Sergipe entraram com uma representação no Ministério Público Estadual na manhã desta sexta-feira, 26, reivindicando a aplicação dos requisitos constitucionais para nomeação de Cargos em Comissão. A CUT espera que com a medida, o MPE possa solicitar que o Governo do Estado divulgue todos os gastos públicos com pessoal.

De acordo com o presidente da Central Única dos Trabalhadores em Sergipe, Rubens Marques [professor Dudu], somente na Casa Civil existem mais de três mil Cargos em Comissão. “Nós estamos diante de um processo de reajuste salarial para os servidores públicos e o Governo do Estado acena que somente em maio é que pode conceder uma reposição. Então é preciso rever essa questão do número grande de CCs”, entende.

Momento da entrega da petição
“Queremos que o MPE faça uma averiguação de quem foi contemplado com esses cargos e em que locais trabalham. A representação solicita ainda que as secretarias informem em seus sítios eletrônicos na Internet, o quadro de funcionários do Estado, situação que fere o princípio de publicidade com os gastos públicos com cargos, função gratificada, servidor efetivo e requisitado. A CUT defende um serviço público que se consolide na prestação de serviços à comunidade”, destaca o professor Dudu.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais