Defensores Públicos contra o seu próprio chefe – Ivan Valença

0

Não convidem para uma mesma assembléia geral os defensores públicos do Estado de Sergipe e o chefe da categoria, o sr. Elber Batalha de Góes. Eles, através da Associação dos Defensores Públicos do Estado de Sergipe (ADPESE) divulgaram uma “moção de repúdio” aos recentes “atos praticados pelo defensor público geral, Elber Batalha de Góes, por considerá-los atentatórios às prerrogativas dos Defensores Públicos do Estado”. Diz a nota:

“Em que pese tenha apoiado a indicação do nome do atual Defensor Público Geral para ocupar o referido cargo, a ADPESE não pode compactuar com a atual forma de conduzir a Instituição, nem com as feições que o seu dirigente pretende imprimir ao serviço prestado pelos Defensores Públicos. Tais divergências levaram a Associação dos Defensores Públicos a recorrer ao Judiciário, no afã de assegurar, ao menos, o respeito à legalidade dentro da Defensoria Pública, por entender ser este o pressuposto básico para a construção de uma Instituição forte, encarregada da nobre missão constitucional de prestar assistência juridica integral e gratuita aos mais necessitados. A ADPESE espera que sejam implementadas mudanças urgentes na condução da Defensoria Pública, cujos valores se sobrepõem aos interesses pessoais e políticos do seu atual dirigente, pois permanecerá inflexível na defesa das prerrogativas de seus associados”.

Por conta disso, os defensores não descartam a possibilidade de decretarem greve. A decisão será tomada nesta quarta, 5, em assembléia que acontece na sede da OAB/SE a partir das 15h.

Por Ivan Valença

Comentários