Defesa Civil continua monitorando barragens

0

Barragens estão sendo monitoradas para evitar riscos às comunidades

Técnicos da Defesa Civil realizaram o monitoramento de quatro barragens, com o objetivo de averiguar se as comunidades circunvizinhas correm riscos devido as fortes chuvas que caem nas regiões em que estão localizadas. De acordo com o coordenador do órgão em Sergipe, major Mendes, as inspeções são de caráter preventivo.

“Esse é um trabalho de prevenção, para evitar que aconteça algum rompimento, e que isso venha a destruir as comunidades próximas. Por isso, continuaremos monitorando essas regiões, junto com os outros órgãos responsáveis”, explicou.

O militar ressalta que as quatro barragens monitoradas foram nos municípios de Itabaiana (Jacaricica I e Governador João Alves), Malhador (Jacaricica II) e Ribeirópolis (João Ferreira). Para garantir a segurança nas represas e barragens do estado, major Mendes ressalta que foi solicitado laudos técnicos aos órgãos envolvidos (Cohidro, Dnocs e Codevasf) para que juntos, possam monitorar qualquer possibilidade de situação de risco.

“A avaliação da Defesa Civil, de acordo com os técnicos que realizaram a inspeção, é que as represas estão com os níveis elevados por causa das chuvas do período que estão 50% a mais do que o normal nessa época do ano e já começam a “sangrar”’, mas sem perigo de rompimento de estrutura, como o que aconteceu na barragem de Algodões, no município de Cocal da Estação, no norte do Piauí, onde um povoado foi dizimado e seis pessoas morreram”.

Major Mendes destacou que o trabalho é uma parceria realizada entre a Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro), Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) e Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba e (Codevasf).

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais