Expansão da TV Senado não deve chegar a Aracaju

0

De passagem por Aracaju, onde reside sua família, Armando Rollemberg, diretor de comunicação social do Senado Federal, falou ao Portal InfoNet sobre a fase de expansão da TV e da rádio Senado. Atualmente, o sinal aberto da TV Senado só é captado em Brasília. No restante do Brasil o sinal é captado pelas antenas parabólicas e TVs a cabo.

 

Mas, a grande novidade é que ainda no primeiro semestre, quatro capitais, através de parcerias com canais educativos, devam receber o sinal aberto: Salvador, Recife, Fortaleza, e Manaus. “Essa fase de expansão da TV Senado é uma espécie de prestação de serviços para a população. Não podemos ficar em canais fechados, apenas. A população tem que acompanhar de perto o que seus representantes estão fazendo em Brasília”, diz Armando.

 

Até o fim do ano, mais cinco cidades poderão assistir as sessões do Senado: Maceió, Natal, Cuiabá, Belém, Macapá e Rio de Janeiro (Barra da Tijuca). “O único critério que estamos seguindo para liberar o sinal da TV Senado para as capitais é o fato da disponibilidade de vaga no espectro magnético, o que não acontece em Aracaju. “Assim, a capital sergipana só poderá receber a programação da TV Senado quando a tecnologia digital começar a funcionar no Brasil, ampliando o espaço do espectro magnético”, explica Rollemberg. “Nosso desejo é que ainda na gestão do senador Renan Calheiros, a rádio Senado também entre em uma fase de expansão”, completa ele.  

 

Por Diego Bittencourt

Da Redação do Portal InfoNet

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais