Fafen deve indenizar pescadores de Maruim

0

Fafen é reposnabilizada por cime ambiental / Foto: Arquivo Infonet
Pescadores do município de Maruim, que se sentiram prejudicados em outubro do ano passado por conta da mortandade de oito toneladas de peixes no rio Sergipe devem começar a receber da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen), as indenizações a partir do próximo dia 10 de junho.  Isso em virtude de uma liminar concedida nesta segunda-feira, 1º, pela juíza federal Telma Maria Santos. A fábrica é acusada de crime ambiental, por causa de um vazamento de resíduos tóxicos, que atingiu o rio.

De acordo com o advogado da Associação de Pescadores de Maruim, Fábio Ramos, são cerca de 1 mil pescadores prejudicados, mas por enquanto, somente uma parcela deverá receber a indenização.  “Essa é apenas a primeira leva e o pagamento de um salário mínimo mensal em um período ainda a ser definido, deverá ser feito todo dia dez de cada mês”, ressalta acrescentando que o processo continua.

O advogado disse ainda que com a decisão da juíza Telma Maria Santos, a Fafen deve pagar as indenizações aos pescadores sob pena de multa diária e que a liminar ainda cabe recurso por parte da Fafen.  Procurado pela reportagem do Portal Infonet, o setor de Comunicação da empresa comunicou ainda não ter uma resposta se a Fábrica de Fertilizantes (acusada de crime ambiental) vai recorrer da decisão judicial.

Comentários