Gasolina pode aumentar na próxima semana

0

Na sua última passagem por Aracaju, embora não concedendo entrevistas à Imprensa especificamente sobre o assunto, o presidente da Petrobras, José Eduardo Dutra, não se preocupou em desmentir um possível e próximo aumento do preço da gasolina na bomba. O problema é que o aumento da gasolina já é dado como certo, em virtude do preço do óleo bruto no mercado internacional. O barril de petróleo está custando na faixa de US$ 41,50, tendo sofrido reajustes quase que semanais. Estabilizou neste valor há duas semanas, mas ainda há a possibilidade de crescer mais. No Brasil, o aumento do preço dos derivados do petróleo praticamente está congelado desde novembro de 2002. Agora, porém, o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, admite que o Governo já tinha previsto um reajuste de 11% sem que isso altere as metas de inflação anual (um reajuste acima dessa previsão pode criar problemas sérios para a nossa economia). Se esta semana houver progressão nos preços do barril de petróleo, até a próxima semana teremos o reajuste de gasolina, óleo diesel, gás de cozinha, etc. Não há como fugir dele. É torcer para que não seja tão alto…

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais