Homem matou homossexual friamente

0

Polícia procura foragido, informações pelo 181
A polícia já elucidou o homicídio contra João Paulo de Santana, de 23 anos, morador do município de Porto da Folha, distante 190 km da capital. De acordo com o delegado Antônio Wellington Júnior, o homem identificado como Carlos Henrique, de 22 anos, é o autor do crime. Um crime frio, onde a vítima foi assassinada dentro da residência com um golpe de faca no pescoço

O delegado afirma que no dia 3 desse mês, Carlos Henrique pegou uma corrida com um moto-taxista com destino a residência de João Paulo, para cobrar uma dívida de R$35. Chegando ao local os dois começaram a discutir e o acusado cortou a garganta da vítima com uma faca. 

Segundo Antônio Wellington o moto taxista chegou a ouvir a discussão, mas não percebeu que Carlos teria cometido o crime, pois o acusado deixou a residência da vítima tranquilamente.

Após confrontar os depoimentos, o delegado ouviu uma peça chave na investigação. A namorada de Carlos, identificada apenas como “Tonha”, que é homossexual assumido. “Tonha” disse para a polícia que Carlos relatou o crime e não mostrou arrependimento. O romance de “Tonha” e Carlos Henrique é marcado por uma tatuagem no braço, o que pode servir de identificação do suspeito do assassinato.

Quem souber informações sobre o paradeiro de Carlos Henrique pode ligar para o dique denúncia através do 181.

Violência

O delegado ressalta que o índice de violência contra homossexuais na região tem preocupado. “Ultimamente temos tido uma quantidade razoável, se tomarmos como parâmetro a população do município. Isso não quer dizer necessariamente que os homicídios tenham como motivação a homofobia, muitas vezes os motivos são fúteis, a exemplo de uma dívida de R$ 35,00”, menciona Antônio Wellington. 

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais