INFONET PIXELS

0

*** A partir desta segunda-feira, dia 21, os beneficiários do Ipes Saúde que necessitarem se submeter a algum procedimento eletivo – que não envolve risco de vida iminente -, não terão acesso aos hospitais e clínicas, da rede particular, conveniados. *** Os hospitais decidiram suspender o atendimento por conta de uma dívida, estimada em R$ 10 milhões, do Ipes Saúde com a rede. Segundo os proprietários das unidades de saúde, o último fatura para pelo convênio foi referente ao mês de janeiro. *** Dentro de 30 dias os hospitais e clínicas também devem suspender o atendimento aos casos de urgência e emergência.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais