Latam, Azul e Gol negociam com Sergipe voos para Salvador e Brasília

0
Rotas que eram operadas pela Avianca em Aracaju poderão ser assumidas por outras empresas aéreas (Foto: arquivo Portal Infonet)

As empresas aéreas Latam, Azul e Gol poderão assumir os voos diretos de Aracaju para Salvador e Brasília que deixarão ser operados pela Avianca a partir do mês de abril. A empresa que está em recuperação judicial confirmou a redução de sua frota e a descontinuidade de 21 rotas.

O secretário de Estado de Turismo, Manelito Franco, informou que a pasta já está dialogando com as empresas aéreas com objetivo de suprir a demanda de voos deixada pela Avianca e que o Estado vai igualar o valor da alíquota do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o combustível de aviação com os demais estados do Nordeste. A medida deve contribuir para redução dos custos operacionais das empresas, sobretudo com combustível.

A medida anunciada pela Avianca atinge os voos que partem de Aracaju para Salvador e também para Brasília. O fato causou repercussão, já que o voo operado pela Avianca entre Aracaju e Salvador é o único que liga essas as capitais.

A Avianca informou que os passageiros com passagens compradas nos voos que deixarão de existir poderão optar pelo reembolso integral do valor pago na tarifa ou, ainda, por serem realocados em voos de empresas parceiras.

Empresas aéreas

Sobre as negociações, A Latam informou apenas que segue atenta às necessidades dos clientes para iniciar, ampliar ou adequar as suas operações, e os voos são constantemente avaliados conforme a demanda de cada região.

A Azul explicou que o mercado de Sergipe é importante em sua malha aérea e, por isso, a empresa está sempre disposta a estudar possibilidades de expandir a sua atuação na cidade.

A Gol ainda não se pronunciou. A equipe de reportagem continua à disposição pelo email jornalismo@infonet.com.br e telefone (79) 2106 8000.

por Verlane Estácio

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais