Mercado Albano Franco sofre com as chuvas

0

Comerciantes têm trabalho para limpar o local
O mercado Albano Franco, mais uma vez sofre com alagamentos causados pela chuva. O local não vem apresentando infraestrutura para agregar os comerciantes, que sofrem com as péssimas condições de trabalho.

Durante esse período de chuva, vários problemas se agravam, como o entupimento do esgoto e o alagamento das barracas. Outro ponto problemático é a péssima condição da rede elétrica, onde vários fios estão expostos, causando risco ao trabalhador do local. A falta de higiene dos banheiros acaba agravando ainda mais a situação.

Paulo Jorge Silva, comerciante há 8 anos dentro do mercado, revelou que as promessas de reforma foram muitas, mas nada foi feito. No entanto, o local nunca chegou a esse extremo de abandono. Outros feirantes que não quiseram se identificar revelaram que, por conta da situação, os fregueses evitam comprar no local.

Bocas-de-lobo entupidas
 
Em maio de 2007 foi realizada uma vistoria pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (CODEC) e Corpo de Bombeiros constatou os serviços de urgência e emergência, pedindo assim uma reforma geral do Mercado. Até o momento, nada foi realizado. A informação dos comerciantes é de que a Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) realiza apenas obras paliativas que não mudam as condições do local.

O Portal Infonet entrou em contato com a assessoria de Comunicação da Emsurb, mas a informação obtida foi de que a assessora Mayusane Matsunae está viajando.

 

 

 

 

 


 

Comentários