Mulheres são agredidas por companheiros

0

Agressões foram registradas na Delegacia Plantonista
Três ocorrências de agressão contra a mulher foram registradas na Delegacia Plantonista na noite de segunda-feira, 25, as em apenas um dos registros a polícia conseguiu prender o acusado em flagrante.

De acordo com as informações registradas na delegacia, Eraldo dos Santos, foi preso após agredir a companheira. O acusado foi enquadrado na lei Maria da Penha, combinado com injúria, pois as informações dão conta de que o acusado teria xingado a companheira.

Outras Ocorrências

Na noite de segunda-feira, 25, uma professora registrou uma ocorrência na Delegacia Plantonista, onde relata que seu ex-companheiro Antônio Marcos dos Santos Viana, foi o autor das agressões sofridas por ela.

De acordo com as informações registradas em boletim de ocorrência, por volta das 18 horas, Antônio invadiu a residência da professora, localizada na avenida Perimetral, no conjunto Marcos Freire III e desferiu vários socos na região da cabeça, machucando a orelha, nariz e boca da vítima.

As informações ainda dão conta de que a professora teve um dos dentes amolecidos devido às agressões sofridas e que após agredi-la, Antônio teria ameaçado a ex-esposa de morte caso a mesma registrasse a ocorrência na Delegacia.

Já no bairro Santa Maria, uma funcionária pública também foi agredida pelo ex-companheiro, por volta das 17h30, no loteamento Novo Paraíso.

De acordo com as informações registradas na Delegacia Plantonista, Antônio Henrique dos Santos, agrediu a vítima com um pedaço de pau com pregose a vítima acabou com a mão machucada, precisando de atendimentos médico.

De acordo com as informações as agressões aconteceram porque a funcionária pública se negou a vender a residência onde os dois moravam e que foi construída com o dinheiro do casal.

As informações ainda dão conta de que após agredi-la, Antônio teria telefonado para a ex-esposa informando que já havia vendido a casa.

Comentários