PMA fixa placas proibindo pesca em áreas de banho

0

Associação de Pescadores acompanhou colocação de placas/Foto: Ascom Emsurb
Cumprindo um acordo firmado no mês passado com o Ministério Público Estadual, a Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) instalou na manhã desta quarta-feira, 26, seis placas proibindo a pesca em locais frequentados por banhistas e surfistas na praia de Atalaia. O objetivo é garantir a segurança da população.

As placas informam que é estritamente proibida a pesca com redes de emalhar (tipo de rede de pesca passiva, em que os peixes ou crustáceos ficam presos devido ao seu próprio movimento) entre 5 e 18 horas. A instalação das placas foi acompanhada pela presidente da Colônia de Pescadores da localidade, Edna Maria dos Santos, e do presidente da Federação de Pescadores, João Batista.

De acordo com o diretor de Espaços Públicos da Emsurb, Antônio Carlos Mota, as placas servem para delimitar a área onde a pesca é permitida. “O Ministério Público Estadual pediu que fixássemos seis placas nesse trecho da orla, informando inclusive o horário de proibição para que não ocorram acidentes com os banhistas”, informou.

Para a presidente da colônia de pescadores, a medida não é prejudicial aos pescadores. “Não achamos que irá prejudicar os pescadores, pois eles já sabem quais os locais adequados para pescar”, disse Edna Maria, destacando a consciência dos profissionais.

O presidente da Federação dos Pescadores disse compartilhar da mesma opinião. “Já existe uma portaria do Ibama que diz que em que toda a área de banhistas da orla de Atalaia é proibida a pesca nos finais de semana e feriado. Agora com as placas essa determinação vai ser cumprida mais facilmente”, destacou João Batista.

Fonte: AAN


 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais