Presidente da OAB/SE vai ao TJ falar sobre concurso

0

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Sergipe – OAB/SE -, Henri Clay Andrade, enviou ofício ao desembargador Pascoal Nabuco, presidente do Tribunal de Justiça, solicitando uma audiência para discutir as denúncias de supostas irregularidades na realização das provas do concurso público realizado pelo TJ/SE. As denúncias foram feitas por candidatos que buscaram apoio na OAB e também na Polícia Federal.

 

“A OAB está apreensiva quanto aos rumos e abrangência que o levante de suspeição possa desencadear”, observa Henri Clay. O presidente da entidade pretende, nesta audiência, relatar oficialmente os fatos – já divulgados na imprensa – e apresentar ao desembargador as provas decorrentes dos depoimentos prestados pelos candidatos, cujas declarações foram reduzidas a termo na OAB.

 

“Essa insurgência social instalou uma suspeição quanto à lisura do concurso e isso nos deixa bastante preocupados”, enfatizou Henri Clay, que pretende cobrar providências urgentes e imediatas do presidente do TJ. “Quanto mais demorar, maiores e imprevisíveis conseqüências podem acontecer”. A OAB/SE recebeu ofício da Polícia Federal com cópia, em anexo, do depoimento de um candidato, relatando as irregularidades, que, inclusive, foram expostas à OAB por outros candidatos.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais