Rua da Cultura comemora aniversário de Betinho

0

Reação, Naurêa, Maria Scombona, Nino Karva, Chiko Queiroga e Antônio Rogério, Paulo Lobo e Mensagem Negra estarão se apresentando na próxima segunda-feira, dia 3, na rua da Cultura, ao lado do Mercado Thales Ferraz, a partir das 19 horas. A festa da música sergipana tem como objetivo comemorar o aniversário do sociólogo Herbert de Souza, o Betinho, idealizador da campanha Natal Sem Fome. A banda Reação vai lançar, em ritmo de reggae, a música tema da campanha. Em outros Estados, seguindo a proposta da coordenação de Aracaju, também serão realizados eventos com muita música, teatro, dança e arrecadação de alimentos. “As artes em geral, em especial a música, têm um grande poder de sensibilização do público, e os artistas sempre se mostram dispostos a participar, então a Campanha Natal Sem Fome sempre os envolve neste mutirão de solidariedade”, explica Marcelo Rangel, um dos coordenadores da campanha em Sergipe. No local será montado um posto de arrecadação e a apresentação das bandas será feita por Júnior Versianni. A Torre Empreendimentos e o Emes são parceiros do evento. Para o músico Chiko Queiroga, que participou juntamente com Antônio Rogério da campanha no ano passado, é um grande prazer poder contribuir com o Natal Sem Fome. “Fazemos questão de continuar colaborando porque é realmente uma iniciativa maravilhosa. E nos sentimos privilegiados em ajudar quem precisa através do nosso trabalho. Esperamos que a campanha só acabe quando os brasileiros não passarem mais fome”, ressalta o cantor. Já Nino Karva lembra que é gratificante participar de uma campanha encabeçada por Betinho. “Ele representa muito para o Brasil pelo trabalho que desenvolveu e deixou em andamento”, acrescenta. Quem quiser contribuir com a campanha, que já está no décimo primeiro ano pode deixar a doação de alimentos não-perecíveis nas agências da Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Banese e Banco do Nordeste, espalhadas por todo o Estado, e ainda na escola de idiomas Yázigi e no Kirante da 13 de Julho, na capital. Só no Yázigi já foram arrecadados mais de 150 kg de alimentos, 140 deles doados por um senhor que preferiu não se identificar, mas disse que contribui todos os anos. “Um exemplo de solidariedade”, elogiou Rangel. A Caixa, através da ONG Moradia e Cidadania, fez a doação inicial de três toneladas de feijão. Por Janaina Cruz

Comentários