Samu começa a funcionar em todo o Estado no primeiro semestre

0

Várias ações estão sendo desenvolvidas no interior do estado para a implantação do Serviço de Atendimento Médico de Urgência, SAMU, que entrará em funcionamento no primeiro semestre desse ano. Semana passada, o secretário da saúde do Estado José Lima Almeida recebeu do Ministério da Saúde, em Tatuí, São Paulo, as 28 ambulâncias que vão integrar o Samu estadual. Mais 51 ambulâncias estão em fases que também serão usadas no serviço de urgência nos municípios sergipanos.

“Esperamos que até o mês de julho todo o Estado tenha cobertura da Samu”, disse o secretário. Uma das ações que estão sendo desenvolvidas no interior é a recuperação das unidades de saúde que darão suporte ao Samu. Além disso, as equipes de agente comunitário, do Programa Saúde da Família e as pessoas que trabalham nas unidades hospitalares dos municípios estão sendo treinadas para conhecer esse novo serviço. “É necessário que a secretaria faça esse acompanhamento da saúde em todos os municípios”, afirma José Lima.

Serão implantados hospitais de pequeno porte, HPPs, em 22 municípios. Esse trabalho inclusive já foi iniciado. A Secretaria de Saúde também está revitalizando os hospitais regionais – Estância, Itabaiana, Própria, Nossa Senhora da Gloria e Lagarto e dando suporte financeiro aos cinco hospitais modulares – Capela, Neópolis, São Cristóvão, Simão Dias e Tobias Barreto. Segunda–feira, 16, os candidatos aprovados na primeira etapa do concurso público da Samu estadual começam a fazer o Curso de Formação, que se estenderá até o dia 30 de janeiro. O curso acontece no auditório do Hospital Gov. João Alves Filho para os aprovados nos cargos de médico e enfermagem.

Já os candidatos aos cargos de telefonista, motorista e auxiliar de enfermagem farão o curso no auditório da Reitoria da Universidade Federal de Sergipe. O horário, para todos, é das 8 às 18 horas. O Curso de Formação é classificatório e eliminatório para todas as categorias. Após o curso, o candidato aprovado e classificado para as vagas existentes será convocado para exame médico e contratação. Existem 70 vagas para médico-regular, 46 para enfermeiro, 65 para auxiliar de enfermagem, 46 para telefonista e 46 para motorista.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais