Tribunal aprova criação de Daju

0

A Justiça do Trabalho de Sergipe  aprovou a criação da Divisão de Assistência Judiciária (Daju), cuja idéia é implantar um escritório-modelo para colaborar efetivamente na formação de novos advogados. Os juízes do TRT aprovaram, por unanimidade, a instalação e funcionamento da Daju durante Sessão Administrativa realizada na sede do Tribunal. 

 

Segundo informações do TRT, o escritório-modelo tem por objetivo a resolução de dois graves problemas: a falta de acesso dos estudantes de Direito à prática forense na Justiça do Trabalho e a dificuldade de acesso dos trabalhadores mais necessitados. “A prática forense não pode ser exercitada nas dependências da Justiça do Trabalho. Na Justiça Comum (Estadual e Federal), os alunos têm acesso a escritórios-modelo ou serviços de assistência judiciária, que assistem aos pobres”, diz o presidente do TRT, Juiz Augusto César Leite de Carvalho.

 

Alguns dados coletados pelo Tribunal mostram ainda que houve uma redução do número de reclamações trabalhistas: 2003 (12.804) e 2004 (10.206). Das ações ajuizadas em Aracaju, foram propostas 3.586 reclamações verbais em 2003 e apenas 497 em 2004. “Há, portanto, fortes indícios de que o trabalhador mais necessitado, aquele que procurava a Justiça do Trabalho para reclamar apenas seu parco salário ou suas verbas rescisórias, foi abandonado nesse processo”, afirma o presidente do TRT.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais