Ai, que saudade

0

Os bailes de carnaval foram uma tradição por durante muitas décadas nos clubes da cidade. Até início dos anos 90, todos os clubes da cidade realizavam bailes a partir da 6ª à noite até à 4ª pela manhã. O baile do Iate Clube reunia a fina flor da sociedade sergipana. Na Associação Atlética de Sergipe aglomerava-se a classe média alta. No Vasco, na rua São Cristóvão ou no Bairro Industrial, era o clube mais popular, juntamente com o Cotinguiba Esporte Clube. Já aos primeiros raios de sol da 4ª feira, a banda da Atlética deixava o clube e ia encontrar-se com a banda do Cotinguiba e juntas seguiam para o Iate Clube. Era o fecho do carnaval sergipano. Acabou tudo. Hoje, carnaval só na praça do povo – que mudou para o estacionamento do mercado – ou no interior do Estado. Este ano não tem nem carnaval na praia de Atalaia, a pedido dos donos de hotéis da orla. Ah, sim: a Atlética vai realizar apenas três bailes, dois para adultos e um para o público infantil. É um esforço de manter o espírito carnavalesco nos clubes.

Comentários