Batalhão da Minhoca sobe no palco e renova tradição

0

Moradores sem pelas ruas da cidade agitando ramos
Quem esteve ontem na abertura oficial dos festejos juninos de Areia Branca pôde presenciar a manifestação de uma de suas tradições mais antigas e que ocorre há mais de 40 anos. Trata-se do Batalhão da Minhoca, que nada mais é do que um grupo de moradores que saem todo dia 31 de maio para louvar o padroeiro da cidade, São João Batista, e comemorar o advento da festa junina da cidade. Antenada, InfoNet estava presente e registrou mais um traço da cultura popular de Sergipe.

 

Percorrendo as ruas da cidade, o grupo segue agitando ramos nas mãos e cantando versinhos rimados criados pelos próprios moradores do município acompanhados pelo zabumba, triângulo e acordeom. A manifestação popular existe desde que Areia Branca ainda era povoado e foi criado por Dona Meliana Maria José de Sabino. Se depender de sua neta, Aparecida Barbosa dos Santos, a tradição vai permanecer.

 

Momento ímpar para os que fazem o Batalhão

“Como neta dela, eu jamais vou deixar que essa cultura se acabe. Todos os anos, o Batalhão sai pelas ruas da cidade e segue em direção ao palco, no qual subimos e festejamos com a população”, disse Cida, como é carinhosamente chamada no grupo. Na noite de ontem, Erivaldo de Carira e o prefeito da cidade, Souza, receberam os manifestantes no palco. O artista tocou um marchinha de forró para saudar o Batalhão da Minhoca. “É para os jovens observarem como se brincava forró antigamente e como isso é gostoso de se ver”, disse.

 

Por José Mateus

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais