Eleições definirão dois novos membros da Academia Sergipana de Letras

0
Duas cadeiras estão vagas entre os imortais (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Com duas cadeiras vagas, a Academia Sergipana de Letras (ASL) está com processo eleitoral em curso para eleger dois novos membros. As vagas foram deixas pelos poetas Estácio Bahia e Amaral Cavalcante, falecidos em 2019 e 2020, respectivamente. A entidade lançou edital no mês passado e quatro intelectuais sergipanos se candidataram para as duas cadeiras. O prazo de inscrição foi encerrado no início desta semana e o próximo passo será o agendamento do processo eleitoral, que envolve os membros da entidade. A escolha dos novos imortais deverá ocorrer em 30 dias.

Para a cadeira deixada pelo poeta Estácio Bahia, estão inscritos os médicos José Aderval Aragão e José Geraldo Dantas Bezerra. Já para a cadeira de Amaral Cavalcante, concorrem os intelectuais Ismael Pereira e Guilherme da Costa Nascimento (filho do atual presidente da ASL).

Para concorrer a uma cadeira na Academia Sergipana de Letras (ASL), os candidatos devem apresentar suas credenciais e ativismo através de alguma seara cultural, seja ela literária, artística ou outra. A eleição ocorre entre os próprios membros da Academia (40 membros), que normalmente reúne entre 34 a 36 votos. As datas das eleições para as duas cadeiras ainda serão divulgadas pelas comissões da entidade.

Por Ícaro Novaes

Comentários