Banese: consulta indevida a chaves PIX não expôs dados de clientes

0
Banco Central comunicou vazamento de dados de chaves PIX do Banese (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

O Banco do Estado de Sergipe (Banese) informou nesta quinta-feira, 30, que o vazamento de dados de chaves PIX – comunicado pelo Banco Central e noticiado em diversos veículos de comunicação do país – não afetou senhas, transações ou demais informações financeiras de seus clientes.

Segundo o o banco sergipano, sua área técnica detectou consultas indevidas a dados relacionados a 395 mil chaves PIX, exclusivamente do tipo telefone, de não-clientes do banco, a partir do acesso de duas contas bancárias de clientes do Banese. Tais consultas não afetaram a confidencialidade de senhas, histórico de transações ou demais informações financeiras de seus clientes.

No comunicado divulgado em seu site oficial, o BC também confirmou não foram expostos dados sensíveis, tais como senhas, informações de movimentações ou saldos financeiros em contas transacionais, ou quaisquer outras informações sob sigilo bancário. As informações obtidas são de natureza cadastral, que não permitem movimentação de recursos, nem acesso às contas ou a outras informações financeiras.

Apuração

O Banese disse que, em conjunto com o Banco Central, tem trabalhado na comunicação e apuração e dos fatos, assim como na implementação de mecanismos de segurança visando evitar que casos semelhantes voltem a ocorrer.

Já o BC disse que adotou as ações necessárias para a apuração detalhada do caso e aplicará as medidas sancionadoras previstas na regulação vigente.

Notificação dos clientes

O Banco Central informou que as pessoas que tiveram seus dados cadastrais obtidos a partir do incidente serão notificadas exclusivamente por meio do aplicativo de sua instituição de relacionamento. E ressaltou que nem o BC nem as instituições participantes usarão quaisquer outros meios de comunicação aos usuários afetados, tais como aplicativos de mensagem, chamadas telefônicas, SMS ou email.

Orientações

Como forma de prevenção, o Banese reforçou a necessidade da adoção de cuidados básicos a serem seguidos pelos usuários do Sistema Financeiro: sempre suspeitar de mensagens SMS ou em aplicativos enviadas por números desconhecidos e nunca clicar em links enviados por tais números; ter atenção redobrada ao receber ligações de pessoas se passando por Bancos e jamais fornecer informações pessoais, códigos recebidos via SMS ou senhas bancárias; ter cuidado com e-mails e páginas falsas que tentem se passar por qualquer instituição financeira; nunca utilizar senhas fáceis de serem descoberta.

Por Verlane Estácio com informações do BC e do Banese

A matéria foi alterada às 20h35 para atualização de informações. 
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais