Empresários participam de debate sobre usina

0

A Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (ACESE) deu a largada no debate pela instalação de uma Central Nuclear em Sergipe, composta de duas usinas que deverão ser construídas no Nordeste brasileiro ao custo de 8 bilhões de dólares. Pelo cronograma, a decisão de localização desta Central deverá ocorrer agora em 2010. O funcionamento da primeira usina estaria marcado para o ano de 2019 e o da segunda, em 2021.

O debate promovido pela ACESE contou com a participação da professora de Física da Universidade Federal de Sergipe, Susana Lalic; do Secretário de Desenvolvimento Economico, Sr. Jorge Santana e do empresário Luis Eduardo Magalhães. Os dois últimos participaram da comitiva do governador Marcelo Déda que visitou as duas usinas de Angra dos Reis no início deste mês. O deputado federal Albano Franco também esteve presente ao Almoço com Empresários promovido pela ACESE.

A profa. Lalic, da UFS, através de gráficos mostrou que são os Estados Unidos que lideram a produção de energia nuclear. O país tem 4,63% da população mundial e uma produção de 24,90% da produção mundial de energia nuclear. O Brasil tem apenas 2,79% da populaçlão e uma produção de apenas 2,20%. Mas, há a necessidade agora de se produzir mais energia  e o caminho mais viável é a energia nuclear, porque é mais barata e menos poluente.

O deputado Albano Franco, em seu pronunciamento, lembrou que foi a ACESE que deu início ao debates sobre energia nuclear, promovendo palestra do sergipano Pedro Figueiredo, diretor da Eletronuclear. O Sr. Jorge Santana narrou as providências do governo para entrar na disputa de uma Central Nuclear. Por fim, o Sr. Luis Eduardo Magalhães falou do grau de nacionalização das próximas usinas nucleares, que vão atingir mais de 70%

No debate que se seguiu os empresários foram instados a se manifestar quem era contra ou a favor da usina nuclear. Deu usina: ninguém se declarou exatamente contra a Central Nuclear pretendida pelo Estado.

Por Ivan Valença

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais