Movimentação intensa nos bancos após o fim da greve

0

A movimentação nos bancos foi intensa na manhã desta terça-feira, 18 (Foto: Portal Infonet)

Neste primeiro dia de retorno as atividades por parte dos bancários do Estado, após o fim da greve decidida em assembleia geral realizada na noite da última segunda-feira, 17, no Sindicato dos Bancários, a movimentação foi intensa nos bancos do centro da cidade na manhã desta terça-feira, dia 18. Retornaram ao trabalho os funcionários da Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e demais bancos privados, mas continuam de braços cruzados os servidores do Banco do Estado de Sergipe (Banese) e Banco do Nordeste (BNB).

A equipe do Portal Infonet percorreu algumas Agências Bancárias e percebeu filas e intensas reclamações de clientes que por um lado estavam satisfeitos pelo fim da greve, mas por outro reclamavam da demora no atendimento. Uma dessas clientes foi à micro-empresária Cida Teles. De acordo com ela, até mesmo um simples desbloqueio de cartão tirou a paciência da cliente que desistiu de esperar pelo atendimento. “É uma amolação. Eles voltam ao trabalho, mas não muda muita coisa, porque eles só pensam neles e a população é quem sofre. A lei dos 15 minutos não funciona e para fazer um simples desbloqueio do cartão tenho que enfrentar uma fila enorme sendo que poderia ser feito em poucos minutos”, desabafa Cida.

A micro-empresária Cida Teles reclama da demora no atendimento

A dona de casa Patrícia dos Santos também foi enfática na reclamação. “Os bancos ficam em greve por vários dias e quando voltam a abrir a população é quem sofre. Tenho que fazer um pagamento que só faz aqui [Banco do Brasil], mas só em pensar na fila acho que vou desistir”, lamenta a dona de casa.

Reivindicação

Por não aceitarem a proposta apresentada pela direção dos bancos, funcionários do Banese e do Nordeste rejeitaram as propostas apresentadas e continuam em greve. Pelos baneseanos a maior luta é pela implementação do Plano de Cargos e Salários (PCS), que já dura 20 anos, bem como do não comprometimento por parte da direção do banco em enviar até o 1º semestre de 2011 o edital para concurso do Banco segundo afirma a direção do Sindicato dos Bancários (SEEB).

Já pelos servidores do Banco do Nordeste, a maior reclamação se deve a redução do Programa de Participação nos Lucros e Resultados (PLR), além do banco ter concedido apenas 9% para as verbas, enquanto a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) concordou em oferecer 10% para o piso.

Reunião

A direção do Sindicato juntamente com a do Banese estão reunidos na sede do Banese para discutir a nova proposta apresentada pelo banco para pôr um fim à greve no banco estadual.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais