MPE e Fundat selam parceria para capacitar mulheres violentadas

0
A reunião serviu para selar o acordo em prol das mulheres vítimas de violência. (Foto: Portal Infonet)

Uma reunião entre a Coordenadoria do Centro de Apoio à Mulher do Ministério Público (Caop/MP) e a coordenação da Fundação Municipal de Formação para o Trabalho de Aracaju (Fundat) selou uma parceria para a capacitação de mulheres vítimas de violência através da oferta de cursos profissionalizantes. O acordo ocorreu na manhã desta quinta-feira, 22, na sede do Ministério Público Estadual.

A quantidade de vagas ainda não foi divulgada, mas, de acordo com a coordenadora do Caop, promotora Euza Missano, haverá uma atuação forte do MP nos bairros onde são apontados os maiores índices de violência doméstica. “O objetivo é fazer com que as mulheres sejam empoderadas e tenham de volta a sua dignidade, sobrevivendo do fruto do seu trabalho. Com isso, esperamos que consigam quebrar o ciclo de violência em que elas dependem economicamente dos seus companheiros”, argumenta a promotora.

“O objetivo é fazer com que as mulheres sejam empoderadas”, afirma a coordenadora do Caop, promotora Euza Missano. (Foto: Portal Infonet)

Segundo a técnica da Diretoria de Formação Profissional da Fundat, Kátia Conceição, os cursos ofertados englobam as áreas de Gestão e Negócios, Desenvolvimento Educacional e Social, Ambiente de Saúde e Produção Cultural e Design e ocorrerão em oito unidades fixas de bairros de Aracaju. “Estamos numa fase de fechamento de parceria e veremos com cada cidadã o perfil que elas pretendem se inserir e participar”, explica Kátia.

Com a assinatura do Termo de Cooperação entre os órgãos, ficou definida a solenidade de apresentação da parceria, a qual ocorrerá na próxima terça-feira, 27, a partir das 11h30 no Ministério Público de Sergipe.

por Daniel Rezende

Comentários