Preço do feijão teve aumento de 91% em Aracaju

0
O vilão da cesta básica foi o feijão que aumentou em todas as capitais (Foto: Infonet)

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) divulgou o custo dos alimentos essenciais ao consumidor que em fevereiro subiu em quase todas as 18 capitais pesquisadas. As altas mais expressivas ocorreram em Recife (7,88%), Natal (6,75%), Aracaju (6,46%) e Vitória (5,97%).

Em Aracaju, o valor da cesta básica ficou em R$ 379,61. O vilão da cesta básica foi o feijão que aumentou em todas as capitais, em fevereiro deste ano. Segundo o Dieese, o grão do tipo carioquinha, pesquisado no Norte, Nordeste, Centro-Oeste, em Belo Horizonte e São Paulo, teve alta em todas as cidades, com destaque para as taxas de Aracaju (91,65%), Campo Grande (90,91%), Salvador (71,06%), Recife (67,16%), São Luís (60,68%) e João Pessoa (54,30%)

A diminuição na oferta de feijão carioquinha pode ser explicada pela redução da área plantada, uma vez que os produtores migraram para outros plantios – como a soja e o milho, e por problemas climáticos, que diminuíram a qualidade do grão. Já o preço do feijão preto aumentou devido à maior demanda, uma vez que parte dos consumidores substituiu o carioca pelo preto.

com informações do Dieese

Comentários