Programa Centelha registra 579 ideias inovadoras inscritas em Sergipe

0
Apoiado pelo Governo do Estado, o projeto visa disseminar a cultura do empreendedorismo em Sergipe (Foto: Seduc)

Lançado em junho deste ano, o programa Centelha teve suas inscrições encerradas na última sexta-feira, 30, com um elevado número de participantes e uma série de ideias inovadoras cadastradas.

O Centelha busca capacitar empreendimentos ou processos inovadores para o desenvolvimento de bens ou serviços. Ao todo, o programa teve 837 participantes cadastrados no sistema, 284 ideias iniciadas e 579 projetos submetidos.

Os municípios com mais projetos apresentados foram: Aracaju (359 ideias), São Cristóvão (53), Nossa Senhora do Socorro (37), Nossa Senhora da Glória (26), Itabaiana (19) e Lagarto (16). “Finalizamos agora a fase de inscrições do programa Centelha com muito orgulho do resultado alcançado. Foram mais de 1.680 participantes envolvidos nas equipes, diversas temática abordadas em vários setores. Toda essa mobilização surtiu um efeito gratificante, porque foram idéias de 28 municípios do estado e jovens com grande potencial que só precisavam desse grande incentivo”, informa o diretor técnico da Fapitec, Ronaldo Guimarães.

Segundo ele os números colocam o estado de Sergipe em destaque nacional no Programa Centelha, “Quando a gente faz um comparativo de idéias a cada 100 mil habitantes, Sergipe dispara em relação a grandes estados que já investem massivamente na inovação, como Santa Cataria e Rio Grande do Sul”, comemora. “Nós temos certeza que dentro dessas 579 ideias que foram submetidas, às 23 que serão selecionadas ao final do processo, serão grandes empresas”, finaliza.

Algumas temáticas obtiveram mais projetos inscritos como: Tecnologia Social (32,8%), TI e Telecomunicações (16,9%), Mecânica e Mecatrônica (8,1%), Química e Novos Materiais (7,6%), Internet das Coisas (5,5%), Inteligência Artificial e Machine Learning (5,2%) e Automação (4,3%). Além destes, outros temas foram abordados pelos participantes como: Big Data, Biotecnologia e Genética, Blockchain, Design, Eletroeletrônica, Geoengenharia, Manufatura Avançada e Robótica, Nanotecnologia, Realidade Aumentada, Realidade Virtual e Segurança, Privacidade e Dados.

Parceiros

O edital do Programa Centelha é uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da Fundação de Apoio à Pesquisa e a Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (Fapitec). Mas para se tornar realidade em Sergipe, conta com uma série de parceiros que apoiam e dão suporte a realização do programa. São eles: Sedetec, SergipeTec, Universidade Federal de Sergipe (UFS), Universidade Tiradentes (UNIT), Instituto Evaldo Lodi (IEL), Instituto Federal de Sergipe (IFS), Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe (Fanese), Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES), Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Sergipe (Fecomércio/SE), Instituto de Pesquisa em Tecnologia e Inovação (IPTI), JRabelo Gestão da Inovação, Grupo Rede+, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Acelerase, e a Secretaria de Estado da Educação, Esporte e Cultura (Seduc).

Fonte: ASN

Comentários