Secretaria da Fazenda realiza entrega de prêmios

0
(Foto: Ascom Sefaz)

Os três ganhadores das premiações de maior valor do Programa Nota da Gente referente ao sorteio do último dia 25 foram recebidos na manhã desta terça, 9, pelo secretário de Estado da Fazenda, Jeferson Passos, para receberem simbolicamente o cheque referente à premiação e em agradecimento à participação no programa como consumidores e agentes da cidadania.

Jânio Ferreira dos Santos, Sidney Angeloti dos Santos e Rogério dos Anjos Andrade conversaram com o secretário sobre a emoção de serem premiados com os valores e como a ação de exigir a inclusão do CPF na nota é importante para o benefício da população, pois é no combate à sonegação fiscal que a população é beneficiada com serviços de melhor qualidade.

Para Sidney Angeloti, ganhador do prêmio de R$ 20 mil, foi uma surpresa receber o comunicado da Sefaz por ter sido contemplado. “Acho importante colocar o CPF na nota e sempre peço nas minhas compras. Mas no momento em que me ligaram não acreditei quando me disseram que ganhei. E só depois é que assimilei o valor do prêmio”, descreveu. Para Rogério dos Anjos, que ganhou R$ 10 mil, a sorte foi inédita no Programa Nota da Gente: “Essa é a primeira vez que ganho no Nota da Gente e isso me estimulou ainda mais a participar”, contou, acrescentando que já ameaçou desistir da compra em um local onde teve dificuldade de receber a nota fiscal.

O pequeno comerciante Jânio Ferreira dos Santos, ganhador do prêmio de maior valor do Nota da Gente (R$ 50 mil), já decretou: “Eu vou investir uma parte do prêmio na expansão do meu negócio. Também penso em ajudar de alguma forma a uma entidade filantrópica “, externou Jânio Ferreira.

Segundo o secretário Jeferson Passos, a recepção aos principais ganhadores é uma forma de, em nome deles, agradecer a todos os consumidores que exercem o papel cidadão de exigir o cupom fiscal ou a nota fiscal no ato da compra. Passos ressaltou também o benefício proporcionado às entidades filantrópicas que estão cadastradas no sistema Nota da Gente, pois o consumidor tem a opção de incluir o CNPJ dessas entidades no cupom/nota fiscal no ato da compra. “As entidades de reconhecida utilidade pública foram mapeadas e convidadas pela Sefaz a procederem o cadastro no sistema Nota da Gente. Dessa forma, o consumidor também pode fazer a opção por  ajudar essas instituições de caridade e ela passam também a concorrer nos sorteios do Nota da Gente”, explicou Passos, informando que a relação das entidades cadastradas pode ser acessada no endereço, no botão “Instituições de Caridade”.

Fonte: Ascom Sefaz

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais