18 pessoas passam mal e são levados à Unidade de Saúde da capital

0
Alunos passam mal e recebem atendimento médico (foto: Gabiriel Damásio)

Alunos e servidores do Centro de Excelência Maria Ivanda de Carvalho Nascimento, antigo colégio Ministro Marco Maciel, do bairro 18 do Forte, na zona norte de Aracaju, passaram mal na manhã desta quinta-feira, 09, apresentando sinais parecidos com infecção intestinal. Eles foram atendidos pelo Samu, levados à Unidade de Saúde da capital e as aulas foram suspensas por 24 horas. Para descobrir a possível causa da enfermidade do grupo, foram acionados três institutos de pesquisas.

A Seduc informa que tão logo soube do ocorrido acionou o Samu para atendimento médico dos alunos e alguns foram encaminhados a Unidade de Pronto-Atendimento Nestor Piva. Logo depois, acionaram o Departamento de Alimentação Escolar que enviou nutricionistas para a unidade de ensino, a fim de resguardar a integridade dos alunos, professores e servidores. Atualmente, estudam 400 alunos na escola que é de ensino integral.

Os 16 alunos e dois servidores apresentaram sintomas como dor de cabeça, vômito, enjoo e dor abdominal e alguns relataram que os sintomas iniciaram na tarde de ontem. “Acionamos o Samu e a rede hospitalar de saúde, para dar toda assistência, depois encaminhamos mostra das merendas de ontem, pois eles ainda não haviam comido a merenda de hoje. Enviamos também mostra da água e de merenda de uma cantina terceirizada para o setor de epidemias da Secretaria de Saúde, para o Instituto Tecnológico de Pesquisa (ITPS) e Vigilância Sanitária”, informa.

Um fato que chamou atenção da Seduc foi que quatro alunos não foram a aula no dia de ontem também apresentaram os sintomas. “Então, precisamos esperar os laudos para saber o que ocorreu realmente, pois a enfermeira disse que estes alunos abrem a possibilidade para ser uma virose”, diz Gleice Queiroz.

por Raquel Almeida

Comentários