Enem: inscrições até 4 de outubro para pessoas privadas de liberdade

0
Procedimento deve ser realizado exclusivamente pela internet (Foto: Ascom Fundação Renascer)

Responsáveis pedagógicos de unidades prisionais e socioeducativas já podem realizar as inscrições de detentos e internos no Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade e Jovens sob Medida Socioeducativa (Enem PPL). O prazo segue até 4 de outubro e as inscrições devem ser realizadas, exclusivamente, pela internet.

Os órgãos de administração prisional e socioeducativa também devem assinar um termo de compromisso junto ao Inep até sexta-feira, 27, para estarem aptos a inscrever os participantes. As provas serão nos dias 10 e 11 de dezembro, conforme edital.

Os participantes do Enem PPL que já concluíram ou concluirão o ensino médio no ano letivo de 2019 poderão utilizar o desempenho no exame como mecanismo único, alternativo ou complementar para acesso à educação superior. Os outros resultados servirão apenas para autoavaliação de conhecimentos.

Novidade: Além do público com baixa visão, que já era atendido pelo Enem PPL, a partir deste ano, o exame também atenderá pessoas com cegueira, visão monocular, surdocegueira, dislexia, déficit de atenção, autismo, discalculia, deficiência física, deficiência auditiva, surdez e deficiência intelectual.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil
*matéria produzida com informações do MEC

 

Comentários