Escola suspende aulas depois de atentado

0
Momento em que veículo pegou fogo no pátio do colégio (Foto: Internauta/Arquivo Portal Infonet)

Estão suspensas até a próxima segunda-feira, 22, as aulas no Colégio Estadual Professor Antonio Fontes Freitas, onde o veículo da professora Andreia Simone foi incendiado na tarde da quarta-feira, 18. A equipe está em estado de choque e vê na ação mais um ato de violência praticado, apesar da suspeita de se tratar de um atentado contra a diretora do colégio.

Ainda nesta quinta-feira, 19, representantes do Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Estado de Sergipe (Sintese) estarão reunidos com o secretário Jorge Carvalho, da Educação, para debater a violência nas escolas e, especialmente, este episódio do Colégio Antonio Freitas, segundo informou a vice-presidente do Sindicato, Ivonete Cruz.

A professora vê com preocupação a violência registrada nas escolas. “Não dá para dizer que ocorreu um atentado, o que aconteceu foi mais um ato de violência no interior da escolar e isto tem relação com a vida da escola”, enalteceu a professora, informando que todos os professores e alunos daquele estabelecimento de ensino estão estarrecidos com o episódio.

A polícia civil vai investigar o incêndio. O delegado João Moreira Aragão, da 5ª Delegacia Metropolitana, informou que ainda não definiu qualquer linha de investigação. Ele está aguardando a diretora da escola e a professora proprietária do veículo incendiado para prestar o depoimento.

A partir dos esclarecimentos que as professores prestarão, a polícia iniciará o inquérito policial. “O caso está sento tratado inicialmente como dano, mas não sabemos o que efetivamente aconteceu. Até o momento, temos uma pessoa vítima de um dano e um suposto alvo que seria a diretora da escola”, ressaltou o delegado.

O Portal Infonet tentou ouvir a Secretaria de Estado da Educação, mas não obteve êxito. A assessoria de imprensa se comprometeu a apresentar uma resposta, mas até o momento não se manifestou. O Portal permanece à disposição. Informações podem ser enviadas por e-mail jornalismo@infonet.com.br ou por telefone (79) 2106 – 8000.

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais