Polícia Militar lança livro destinado a alunos do Proerd

0
Alunos abraçam policiais durante lançamento do livro (Fotos: Portal Infonet)

A Polícia Militar de Sergipe lançou na tarde desta sexta-feira, 7 por meio do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), em solenidade no Auditório Piranema, da Petrobras, o Livro do Estudante (5º ano) para os participantes do Programa Caindo na Real. Alunos de várias escolas das redes públicas e particular de ensino participaram do evento.

O livro ficará nas escolas durante as dez semanas em que acontecem os encontros com os alunos e neles constam os diversos exercícios que a gente faz no decorrer das aulas do Proerd.

Janiclei Santos: Aprendi com o policial que drogas é muito ruim"

“O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência é um programa internacional que já está em mais de 50 países, chegou ao Brasil através da Polícia Militar do Rio de Janeiro em 1992 e em Sergipe, no ano de 2001 e já atendeu mais de 65 mil crianças e adolescentes em todo o Estado”, informa o sargento Alexandre Prado.

Segundo ele, o Proerd atende à faixa etária que vai desde o infantil até às primeiras séries e também com os alunos dos 5º e 7º anos.

“A experiência é muito boa porque os alunos não esquecem os ensinamentos que obtiveram com os policiais, além do carinho que as crianças nos recebem nas escolas e a proximidade da Polícia Militar com a comunidade escolar e do entorno das escolas. A gente agradece ao apoio da Secretaria de Segurança Pública, do Comando da Polícia Militar, da coordenadora do programa, Adriana Littig e dos parceiros para o desenvolvimento do Proerd”, ressalta destacando que o programa está crescendo cada vez mais.

Sargento Prado comemora com colegas o lançamento do livro

“O Proerd está mostrando a saída que é a prevenção para evitar que as crianças tenham acesso à essas substâncias que estão ai hoje bastante fáceis para todos. A gente trabalha especificamente com a teoria sócio-emocional colocando algumas situações para que possam ter atitudes e possam fazer escolhas seguras, responsáveis e inteligentes”, entende.

A aluna Janiclei Santos, 12 contou ter aprendido muito com os instrutores do Proerd. “Eu aprendi que drogas é uma substância muito ruim, que traz muitos problemas para os jovens e para as famílias”, afirma.

Petrobras

André Gadelha garante parceria

Solenidade aconteceu no auditório da Petrobras

Estudantes gostaram do livro

O representante da Petrobras, André Gadelha, enfatizou a parceria e a importância do programa. “Não poderia deixar de destacar que esse programa tem uma visão muito mais ampla e os benefícios não somente as escolas e a Polícia Militar têm, mas toda a sociedade se beneficia e dá condições às crianças de chegarem à adolescência em condições de entrar para o mercado de trabalho. É uma satisfação de ver a Petrobras apoiando o Proerd e vamos continuar com essa parceria para o desenvolvimento de programas como esse, que valorizam a família”, garante.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais