Sindicatos vão debater nova agenda de luta em defesa da educação

0
A nova reunião acontece dia 24 (Foto: CUT/SE)

Na próxima sexta-feira, 24, às 15h no Hall da UFS, Centrais Sindicais, estudantes e professores participarão de uma plenária na UFS para a construção de uma nova agenda de luta pela educação e em defesa da aposentadoria.

“Esta luta vai ser longa e precisamos de muita unidade até a vitória”, a afirmação do professor Dudu, presidente da CUT/SE, encerrou a reunião que avaliou a vitória da Greve Geral da Educação e aprovou uma nova agenda de luta.

A professora Ângela Melo, da Diretoria Executiva da CUT Nacional, ressaltou a importância deste movimento que cresce em apoio popular na luta em defesa da educação pública e do direito à aposentadoria.

“Esta foi uma reunião muito produtiva e nos prepara para dois momentos importantes: o dia 30 de maio e a Greve Geral do dia 14 de junho. Nos manteremos num estado de mobilização para o dia 14 de junho. Agora vamos construir o protesto do dia 30. Depois do sucesso da Greve Geral da Educação, a própria população aderiu à defesa de uma educação e uma universidade pública para todos, o que vinha sendo construído por uma politica de cotas. O Brasil precisa pagar esta dívida com os despossuídos, com a população indígena e afrodescendente, é um dos projetos que não aceita retroceder”, avaliou a professora, ex-presidente do SINTESE.

Fonte: CUT/SE

Comentários