Em jogo ruim, Socorrense e Lagarto não saem do zero

0
Placar não mexeu na partida da noite desta quarta-feira, 16 (Fotos: Portal Infonet)

Claramente despreparados fisicamente, as equipes de Socorrense e Lagarto protagonizaram uma partida entendiante, de baixo nível técnico e poucos lances interessantes. Os lances de perigo em toda a partida puderam ser contados nos dedos.

A equipe comandada por Edmilson Santos vinha ao jogo alegando não ter feito uma boa pré-temporada. O Siri só teve 15 dias para se preparar para a Taça Governo do Estado.

Aos 27 minutos, o primeiro susto para algum goleiro. Eriverton bate falta fechada e quase engana o goleiro Acácio. Logo após, o Socorrense empreende sua primeira jogada perigosa quando Sandro Miguel arrisca para a defesa do goleiro Rudison.

Antes do fim do primeiro tempo, Jorginho, lateral direito do Socorrense, bateu cruzado com força, o goleirão apenas acompanhou, batido, a saída da bola. Foi o melhor lance da primeira etapa.

Na virada de campo pouca coisa mudou. Eriverto e Alan Dinamite, principais nomes da equipe do Lagarto pareciam completamente fora de ritmo e não conseguiram criar nenhum grande lance de perigo.

O Socorrense, que voltou visivelmente mais atento à partida, teve uma grande chance aos 4 minutos, quando o goleiro Rudison fez uma lambaça, se embolou com a bola e por pouco não deixa o meia Fabinho marcar.

O experiente meia Eriverton não teve boa atuação.

Logo depois, após boa trama, a bola sobrou para Saci, um dos poucos que se apresentaram bem na partida, mas esse chutou em cima do goleiro no lance que poderia ter salvado a noite para os 386 torcedores presentes.

Outra boa surpresa da partida foi o jovem Muller, do Lagarto. O meia entrou no segundo tempo no lugar de Franclin e utilizou da velocidade para avançar. Sem muito sucesso.

Aos 45 minutos, Acácio ainda salvou a equipe de Socorro espalmando uma bela cobrança de falta de Eriverton. Ficou por aí. Fim de jogo 0x0 para o alívio dos presentes.

O treinador Fernando Dourado do Lagarto afirmou que a equipe não estava despreparada fisicamente, e creditou a má atuação ao campo pesado e à ansiedade.

Próximos desafios

Fernando Dourado, comandante do Lagarto, acredita que equipe tem muito a melhorar.

O Lagarto recebe no próximo domingo, 20, às 16h, o River Plate, líder do grupo e favorito ao título deste ano. Na outra partida, pelo grupo B, o Socorrense vai encarar o Estanciano no Francão.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais